Comportamento

Com problemas na 'hora h'? Veja como melhorar o sexo com o (a) crush

Separamos algumas dicas para trazer a emoção, a paixão e o tesão de volta

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Em alguns momentos, o tesão até está presente, mas o sexo com o parceiro parece monótono, como se a gente tivesse perdido a confiança. Você já passou por isso? Não se desespere, pode acontecer com qualquer pessoa e tem como ser resolvido com algumas atitudes simples. Para te ajudar, a sexóloga e terapeuta de casais Carla Cacarello e a psicóloga especialista em relacionamento Yris Monalizza de Souza separaram algumas dicas. Confira!

Foto: reprodução
 1- Será que é real?

 A verdade é que pessoas se sentem atraídas por diferentes tipos de corpos, sejam eles gordos, magros, baixos ou altos. Verificar a realidade nada mais é que perceber que não é o corpo que define a felicidade sexual, mas a forma como encaramos essa realidade. Pergunte ao parceiro (a) o que ele (a) ama no seu corpo e anote. Leia a lista todas as manhãs e elogie-se.

  "A ideia é que uma vez por semana, a pessoa faça elogios só ao seu corpo concentrando-se nos seus recursos favoritos - por dentro e por fora. Diga a si mesmo o que você gosta sobre seu corpo para reforçar seus sentimentos”, considerou Yris de Souza.

  2- Abuse da sensualidade

Em vez de se concentrar no objetivo final que é o prazer máximo, faça jogos de sensualidade e aprecie os corpos antes do sexo. “Quando tirarem a roupa, apagarem as luzes e explorarem um ao outro, o prazer será maior”, define Carla Cecarello. Para a sexóloga, o toque é uma forma de comunicar amor e sensualidade.

3-Aventure-se não somente no sexo

As aventuras estimulam o cérebro a produzir dopamina e, consequentemente ajuda no desejo sexual. Por isso, ousadia é uma forma de fazer a dopamina aumentar. Busque uma atividade nova e desafiadora para que emocione e seja suficiente para despertar o desejo em ambos. Isso tem de ser feito fora do quarto, algo que os dois possam fazer juntos e ser uma experiência interessante que ajude a reproduzir essas sensações quando estiverem a sós.



4- Conversar é sempre um bom remédio

"Nem todos sabem tudo sobre sexo”, afirma a sexóloga Carla Cecarello. Por isso, é sempre bom conversar antes. Se na “hora H” algo não estiver saindo como esperado, a melhor maneira de a experiência não cair por terra é ambos dizerem o que gostam e como gostam. Normalmente, a ansiedade de ser bom na cama pode atrapalhar o homem. Assim, é mais fácil explicar como agir e fazer aquilo que é bom e dá prazer.

5- Saia da rotina

Quando você está estressado, é muito difícil se sentir sexy. Isso ocorre porque, quando você experimenta tensão crônica, seu corpo produz níveis mais altos de ocitocina, uma substância química que cancela os efeitos do hormônio sexual testosterona. Como resultado, sua libido é prejudicada. Por isso, deixe de repetir as mesmas coisas todos os dias e faça coisas diferentes, que ajudem a encontrar uma conexão consigo. “Coisas simples como ouvir uma boa música ou mesmo vestir algo que gostaria para se sentir bem com você”, afirma a psicóloga Yris de Souza.

6- Conheça outros lugares

Que tal sair para jantar, um bar ou mesmo um passeio ao ar livre? Para tornar a relação mais saudável, o ideal é escolher lugares que tragam sensações diferentes e experiências novas, como um lugar que nunca estiveram. Surpresas são sempre bem vindas nestes casos, especialmente se houver visitas ao parceiro(a) no trabalho, que pode revelar um lado diferente e reconectar as pessoas.