Arte e Decoração

Como as cores das paredes podem influenciar o humor durante a pandemia

Ambientes de home office, por exemplo, não devem ter cores iguais a outros cômodos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma coisa é certa: muita gente está passando mais tempo em casa por conta da pandemia do coronavírus. No Brasil, desde março, boa parte da população está confinada em casas e apartamentos na tentativa de frear a contaminação pelo vírus. Mas será que as cores das paredes estão colaborando para manter um bom astral durante o isolamento? A Lukscolor, uma das principais marcas de tintas do país, explica como as cores interferem no humor. E o que é possível fazer para tornar o ambiente mais prazeroso.

Cores suaves ajudam a relaxar, mas não são ideais para ambientes como o home office.

Se um quarto foi pintado de azul bem clarinho e agora está sendo usado como ambiente para home office, pode não ser uma boa ideia. A designer de cores Deise Melo, da Lukscolor, explica que cores suaves, como o azul e o verde claro, são propícias para o relaxamento e o ambiente pode ser usado para meditação, por exemplo. No entanto, pode ser demasiadamente relaxante para home office, atrapalhando a concentração. Para garantir uma melhor produtividade, instalar um painel colorido ou um pôster, perto da estação de trabalho, é o indicado.

Cores quentes dentro de casa podem estimular o apetite.

Há quem seja do time que está sempre beliscando durante o isolamento. Talvez a cor da parede esteja colaborando. O vermelho e o amarelo são bastante estimulantes. Difícil relaxar e conter a bagunça das crianças quando há cores em excesso no ambiente. O laranja estimula o movimento das pessoas e pode sim, colaborar para aumentar o apetite.

Nesse período, investir na cor verde, é uma ótima pedida.

Se o futuro tem cor, esta cor certamente é o verde. Com a pandemia, a tendência é que a sociedade repense certos valores e coloque mais foco na questão ambiental, que já vem sendo discutida há tempos. E o verde, cor que remete à natureza e ao clima, vai disputar como tendência, inclusive, é claro, na decoração. 

Pintar a casa, por dentro e por fora, pode ser uma ótima atividade durante a quarentena.

Nunca houve tanto tempo para cuidar da casa como agora. E renovar aquele cantinho pode significar também renovar o astral durante a quarentena. Experimentar pintar aquela parede com uma cor nova ou mesmo trocar a cor de um móvel é oportuno. Isso vai ajudar a revigorar a forma de encarar a vida. Na hora de comprar, buscar o lojista do bairro, colabora com a manutenção da economia e faz bem a todos.

Para quem já está de olho no fim da quarentena e quer celebrar com a casa nova em folha, uma dica é que, o serviço externo de pintura é uma prática que pode ser compatível com o isolamento social. Além de deixar a casa renovada, é uma atitude muito bacana com os profissionais da pintura, muitos deles sem renda durante a pandemia.