Economia

Como crescer financeiramente na crise? Confira dicas

Acompanhar fluxo de gastos é a principal dica para qualquer empreendedor

Redação iBahia (redacao@potalibahia.com.br)

Com a pandemia do novo coronavírus, muitos negócios fecharam as portas e empreendedores começaram a se questionar como manter suas empresas em meio à crise financeira.  Em momentos como este, é preciso repensar estratégias e elaborar um bom plano que possa servir de válvula de escape. 

O consultor financeiro César Augusto Karam separou algumas dicas do que o pequeno empreendedor deve colocar em prática para se manter no mercado neste momento desafiador.  

  • Tenha uma boa gestão financeira 

Este é o primeiro passo para sobreviver à crise, já que o controle financeiro permite ao administrador conhecer a atual situação da sua empresa. Além disso, dados consistentes são essenciais para projetar novos cenários e honrar os compromissos assumidos com clientes e fornecedores. 

Ao analisar o fluxo financeiro, o empreendedor saberá melhor o que fazer. “Ele pode cortar despesas, pois isso está totalmente no controle dele. É possível renegociar o aluguel ou migrar o negócio para um local menor e, a depender da atividade, talvez seja possível até mudar para trabalho home office”, explica César. 

Além disso, também é necessário inovar e buscar possíveis novos clientes.  

  • Ser um pequeno empreendedor tem suas vantagens 

No cenário atual brasileiro, grandes, as empresas menores possuem maior dificuldade de conseguir recursos. Porém, de acordo com o consultor financeiro, é mais fácil mudar a rota de pequenas empresas do que das grandes.  

“Um diferencial que os grandes não conseguem ter e que pode ser explorado é a capacidade de um atendimento personalizado para seus clientes por exemplo”, ressaltou o especialista. 

  • Preste atenção nas oportunidades 

Crise é sinônimo de oportunidade, afinal é o momento de se reinventar e buscar saídas para manter os negócios abertos. É necessário ter atenção para identificar essas novas oportunidades e uma boa busca na internet pode ajudar nisso. 

“Uma boa forma de se observar novas tendências é através da ferramenta Google Trends, apesar de muitas demandas terem caído, sempre existem novas tendências e, consequentemente, oportunidades”, finalizou o consultor.