Mundo

Como o professor que dá aula de computação sem PC chamou atenção da Microsoft

Escola fica na área rural do país e não tem condições de pagar por computadores

Redação Correio 24 horas
- Atualizada em

Um professor de Gana, na África, usou da criatividade para dar aulas de tecnologia da informação para seus alunos. Sem computadores, ele usou o quadro para desenhar o Microsoft Word para os alunos. O próprio Owura Kwadwo compartilhou no Facebook uma foto mostrando o desenho com todos os detalhes do processador de textos. 

(Foto: Reprodução/Facebook)

A escola fica na área rural do país e não tem condições de pagar por computadores. Mesmo assim, o professor afirmou que sentiu que era importante que os alunos ficassem familiarizados com o assunto. Além de desenhar todas as ferramentas disponíveis do Word, ele faz uma apresentaçaõ sobre o que cada uma significa e o que pode ser feito no programa." Ensinar ICT em escola de Gana é muito divertido. ICT no quadro. Eu amo meus alunos, então eu preciso fazer o que vai fazê-los entender o que estou ensinando", escreveu.

Empreendedora do ramo digital, Rebecca Enonchong se emocionou com a história do professor e dos alunos e apelou por ajuda à gigante de tecnologia Microsoft. "Com certeza vocês podem dar alguns recursos adequados (para o ensino)", postou ela no Twitter. Em resposta, a multinacional informou que iria equipar Owura Kwadwo com um dispositivo eletrônico de um de seus parceiros e daria ao ganês acesso a programas de desenvolvimento de educadores, em sua estratégia de promover a transformação digital na educação. 

Com a viralização do post, houve debate em Gana sobre a educação. Kwadwo acredita que as coisas no país estão melhorando, ainda que lentamente. "O governo é prestativo e eu acredito neles, que eles estão tentando fazer a Tecnologia de Informação e Comunicação melhor para professores e estudantes", diz o professor.

Com a repercussão, a Microsoft afirmou que vai doar um computador para o professor.