Economia

Confira cinco cuidados antes de investir para evitar ser vítima de fraude financeira

É fundamental conferir informações cadastrais e desconfiar de promessas de rendimento muito elevado

Rennan Setti, da Agência O Globo

Casos recentes de investimentos fraudulentos reforçam a necessidade de cautela na hora de investir. Especialistas recomendam atenção redobrada quando a promessa de rendimento é muito elevada e aconselham que o investidor cheque as informações cadastrais de quem está oferecendo o produto. Veja abaixo cinco cuidados que se deve ter antes de realizar uma aplicação financeira:

(Foto: Reprodução)

1) Cheque as informações cadastrais

Confira sempre as informações cadastrais das empresas, bancos ou corretoras que oferecem o produto. Operações oferecidas por meio de instituições que não estejam cadastradas em órgãos como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Ancord, associação que reúne corretoras, e o Banco Central são consideradas irregulares.

2) Desconfie dos rendimentos elevados

Desconfie de rendimentos muito acima da média do mercado. Segundo vítimas de casos recentes, como o da JJ Invest , a fraude proporcionava ganhos que superavam os 10% ao mês. Para efeito de comparação, a taxa básica de juros no Brasil está em 6,5% ao ano.

3) Duvide da promessa de renda certa

Desconfie também de eventuais promessas associadas às aplicações. A CVM alerta especialmente para o risco de discursos como “renda certa” ou “rentabilidade fixa”, práticas proibidas no mercado. Dependendo do produto, há riscos até de o investidor ter de fazer aportes no fundo de investimento.

4) Conheça as garantias do investimento

Alguns rendimentos são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito. Ele garante até R$ 250 mil por instituição e R$ 1 milhão por CPF. Isso significa que, se você investir até R$ 250 mil em um determinado produto e a instituição financeira quebrar, o seu dinheiro é devolvido. Entre as aplicações que contam com as garantias do Fundo estão CDB, LCI e LCA, todos de renda fixa. Produtos de renda variável, como ações, e fundos de investimento não têm qualquer garantia.

5) Diversifique as aplicações

Especialistas recomendam diversificar as aplicações. Assim, se um investimento tiver desempenho ruim, a perda poderá ser compensada pelo ganho em outro.