Economia

Consumidores adiantam compras do Réveillon no Natal

Consumidores vão aos shoppings de Salvador no dia 24, de olho no look do Ano-Novo

Giuliana Mancini, do Correio 24h

Adeus, branco: a cor para passar a virada de 2017 para 2018 é o amarelo. Pelo menos é o que defende uma loja de moda íntima de Salvador. "Sem dinheiro, a gente não tem paz, não é mesmo? Pois é a riqueza que as clientes estão almejando", disse a vendedora Aline Ramos, 41 anos.

Erick e Augostina compraram roupa branca no Natal para usar no Ano-Novo (Foto: Betto Jr./CORREIO)

Inspirados na tradicional crença de que o tom da roupa - e lingerie - influencia no ano que está chegando, muitos consumidores resolveram buscar a cor do ouro para o look. E a procura começou cedo: "Teve gente vindo já no começo de dezembro", contou outra vendedora, Vanessa Costa, 23.

O mesmo foi com o casal de argentinos Augostina Janete, 20, e Erick Joel, 25. Os dois vieram passar o Natal em Salvador, e voltarão para o país onde nasceram logo depois. Mas fazem questão de levar peças brasileiras na mala. "Vamos nos dar roupas compradas aqui e usar na virada lá", adiantou Augostina.

No caso da aposentada Sílvia Monteiro, 71, o presente é para a afilhada Railana - e por outro motivo: "Ela faz aniversário no dia 1º de janeiro. Resolvi procurar um vestidinho e dar pra ela um dia antes, 31. Aí ela já usa na virada".