Arte e Decoração

Conte nos dedos: veja cinco dicas para não morrer de calor em casa

Temperaturas tendem a subir cada vez mais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O verão já é logo ali, e não precisou nem esperar a chegada da estação mais quentes para o calor chegar com tudo. Nessas horas, ficar em casa é um desafio ainda maior, por conta do abafamento e quentura que fica dentro do ambiente.

No entanto, é possível usar certos objetos de casa para diminuir essa sensação de calor tão intensa, ainda mais porque o verão só começa em 21 de dezembro, e a tendência é de sentirmos temperaturas cada vez mais altas. O arquiteto Márcio Barreto listou cinco detalhes de sua casa para criar um ambiente mais arejado e confortável de ficar. Confira:

FRESCOR DAS PLANTAS

“A primeira dica é simples: use plantas para decorar os espaços. Além de ser esteticamente agradável, as plantinhas são capazes de renovar o ar e trazer uma sensação de frescor para o ambiente. Aposte em pelo menos três tipos diferentes e não esqueça de ter os cuidados necessários para mantê-las saudáveis”, explica.

ILUMINAÇÃO

“A escolha da iluminação também é um ponto a ser observado, pois existem variações de lâmpadas que podem deixar ambientes com menos intensidade de calor. Opte por lâmpadas tipo LED e sempre que puder, utilize a luz natural do dia. Se você tem possibilidade de modificar os espaços movimentando os móveis, observe se há intensidade de luz solar em algum ponto específico de sofás, camas ou cadeiras. Mudar a posição desses móveis para locais com mais sombra pode ajudar a diminuir a intensidade de calor projetada no objeto e deixá-lo mais confortável quando você for utilizá-lo”.

CONFORTO TÉRMICO EM MATERIAIS

“Se você tem como reformar ou ainda está na planta do seu imóvel, há algumas alternativas de materiais que podem ajudar a diminuir os efeitos do calor a longo prazo. Pisos cerâmicos e porcelanatos costumam reter menos calor, por exemplo. Eles podem ser usados tanto no chão quanto em revestimento de paredes para áreas molhadas, como cozinhas e áreas de serviço”.

PINTURA DE PAREDE

“A pintura da parede também pode influenciar na sensação térmica de um ambiente. As cores claras costumam reter menos as partículas de calor e consequentemente auxiliam em deixar o espaço mais leve e fresco. Se você tem uma varanda, opte por um teto com forro acompanhado de uma manta térmica. Essa é uma ótima alternativa para reter menos calor e deixar o espaço mais fresco”.

VENTILAÇÃO 

“O segredo para aliviar a incidência do calor nas casas é observar como o ar se comporta nos espaços. As vezes uma ventilação cruzada, onde janelas e portas estão abertas ao mesmo tempo, pode trazer mais conforto térmico. Até mesmo o ventilador pode circular um ar menos abafado quando pensamos no aspecto geral da casa. O calor excessivo pode ser um problema, mas não esquente! Pequenas mudanças podem te ajudar a encarar de forma mais leve os momentos mais intensos de calor”, conclui.