Saúde

Correria diária pode influenciar no funcionamento do organismo

Pesquisa revelou ainda que 93% das pessoas não consomem algum alimento que consideram importante para saúde

Agência O Globo

Lidar com as exigências de uma rotina marcada pela pressa e pela incerteza, além de estar sempre conectado, ligado e produtivo, pode desequilibrar o ritmo biológico do organismo. Um estudo realizado pela marca Centrum mostrou que 96% das pessoas não conseguem incorporar ao dia a dia atitudes que consideram saudáveis, como comer de três em três horas, praticar exercícios físicos e ter um hobby. Os principais motivos são falta de tempo (29%) e dificuldade de realizar (20%).

A pesquisa — que ouviu 1.200 pessoas em todo o país — revelou ainda que 93% das pessoas não consomem algum alimento que consideram importante para saúde.

O nutricionista e professor da Universidade de São Paulo (USP) Antonio Herbert Lancha Junior explica que mudar de atitude é um desafio muito grande, principalmente se as pessoas não percebem benefícios imediatos desse esforço.

"Qualquer mudança de hábito requer uma quantidade muito grande de energia, repetição e também persistência. Criar pequenas situações que tragam bons resultados como fazer uma pausa no trabalho para comer um lanche saudável é uma forma de repensar o cotidiano e conseguir incorporar novos hábitos", afirma Lancha, que acrescenta: "O corpo humano é muito adaptável, mas cobra caro por trabalhar constantemente em grande esforço. A pessoa fica mais cansada e dorme mal, por exemplo", diz.

A pressão do dia a dia, de acordo a psicóloga Isabel Ribeiro, também pode ter como consequência várias reações físicas e mentais, comprometendo o funcionamento do organismo. "Problemas como o transtorno de ansiedade, causado por uma preocupação excessiva, obesidade e hipertensão podem ser prejudiciais. Procurar um especialista para ajudar a identificar os motivos é o ideal", diz Isabel Ribeiro.