Arte e Decoração

Decoração: saiba como utilizar mesas na sala de estar

Móvel é um dos itens primordiais para projetos de interiores

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Dentro do mundo da decoração, existe alguns móveis primordiais para trazer funcionalidade para o dia a dia e ainda contribuir para a beleza do espaço. As mesas de apoio são um bom exemplo disso. "Para compor os ambientes de estar, classificamos as mesas em três tipos: mesa de centro, lateral e de apoio", diz Gisele Leal, proprietária da Sierra Móveis Gabriel.

Tendo em vista essa importante função, a Sierra Móveis Gabriel reuniu dicas para quem quer apostar nas peças para as salas de estar. Confira abaixo:

Mesa de centro
Este modelo é bastante utilizado em salas de estar com layout tradicional e é perfeito para apoiar itens decoração, controle e copos. Vale ressaltar que a peça só é indicada para cômodos maiores, em que a mesa não atrapalhe a circulação das pessoas pelo ambiente. Além de funcional, a mesa de centro pode trazer personalidade para os espaços.

Antes de escolher o modelo certo para a sua sala, é necessário levar em conta algumas regrinhas quanto ao tamanho: “A largura da mesa deve ter de 1/3 a 2/3 em relação ao sofá. Já a altura deve respeitar o alinhamento com o assento, ou ser mais baixa, assim não prejudica a visão de quem está sentado”, explica Gisele. Ela também lembra que é preciso deixar pelo menos 60 cm ao redor de toda a mesa, garantindo uma passagem fluida pelo ambiente.

Mesa lateral
Muito utilizada ao lado do sofá, é o modelo perfeito para servir de apoio para luminárias de mesa, que garantem um visual mais intimista. Existem modelos mais estreitos, que não atravancam a passagem do ambiente, e por isso, é bem-vinda em salas menores. 

Para este modelo, a regra de tamanho leva em conta o braço do sofá, permitindo o alcance das peças quando os moradores estão sentados. Uma dica é apostar em mesas laterais que se sobrepõem, criando uma brincadeira entre as alturas e tamanhos, e aumentando a área de apoio.

Mesa de apoio
Este modelo – que se assemelha muito a peça lateral – não se difere pela aparência, mas sim pela função. A mesa de apoio fica solta no ambiente, podendo ser movimentada com facilidade conforme as diferentes necessidades. “Existem modelos com regulagem de altura, o que torna possível transformar em um apoio para o notebook ao lado do sofá, por exemplo”, revela Gisele. 

Escolha de materiais e acabamentos
Antes de tudo, a escolha deve ter a ver com o estilo escolhido para o ambiente, já que existem inúmeros tipos de materiais e acabamentos que se adequam a diferentes decorações. Além disso, o material também deve ser escolhido seguindo o uso do móvel. “Se a ideia é colocar plantas, ou copos, prefira materiais resistentes, como vidro e laminado, que não danificam nem mancham com água. Materiais naturais como madeira conferem aconchego, enquanto o mármore traz sofisticação”, finaliza Gisele.