Cinema

Depois de Claudia Jimenez, Luis Gustavo não fará 'Sai de Baixo - O Filme'

Ator negou também a possibilidade de fazer uma participação especial: 'não sou figurante'

Patrícia Kogut, da Agência O Globo

Depois de Claudia Jimenez, Luis Gustavo avisou que não fará o filme de “Sai de baixo” por ora. Com diverticulite e problemas circulatórios, o ator recebeu ordens médicas de se recuperar antes de assumir o compromisso. É um impasse. Ele segue em “Malhação”, pois só grava uma vez na semana.

Foto: Raquel Cunha/TV Globo

- Na última sexta-feira, depois de gravar 'Malhação', cheguei em casa com as duas pernas pretas. Minha mulher ficou assustada. O médico disse que o tutor que eu uso na perna, por causa da prótese no joelho, está causando problemas. Não posso permanecer muito tempo em pé nem sentado. Sinto dor, as pernas ficam latejando e ardem. E, na segunda-feira, soube da diverticulite. Preciso tomar cuidado. Da última vez, começou com isso e depois as bactérias foram parar no ouvido e no coração (o ator passou um mês internado em 2013). Não posso cumprir um plano de filmagem. O médico considera um risco grande - explica ele, que também sofre de labirintite e passou recentemente por uma cirurgia de catarata.

Segundo o ator, de 84 anos, foi cogitada a possibilidade de uma participação especial, mas ele descartou a ideia. - Não vou fazer participação. Não sou figurante, sou o Luis Gustavo. O 'Sai de baixo' foi ideia minha e do Daniel Filho. Tenho que me curar antes. Não vou arriscar minha vida por isso. Espero ficar bem até o fim deste ano e poder filmar no próximo.

Luis conta ainda que precisa de uma série de cuidados para gravar "Malhação". - Vou ao Rio na quinta (ele mora em São Paulo) e gravo na sexta durante todo o dia. Sou tratado como um príncipe. Fico no camarim com as pernas para cima (por causa da circulação) até o momento de entrar no estúdio. O pessoal da produção me ajuda a andar. Uso carrinho elétrico para me locomover por lá - afirma ele, que está tomando 14 medicamentos. - Tenho que fazer uma tabela de horários que me dá mais trabalho que decorar textos.

Sem perder o bom humor, o ator finaliza: - A carroceria está baqueada, mas o motor ainda funciona bem.