Educação

Determinação em família: mãe e filho estudam juntos para o Enem 2020

Esta é a segunda vez que Pedro e Lorena fazem o exame juntos; eles estão inscritos nos aulões preparatórios do 'Boa Prova - Enem 2020'

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Este período de reta final para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é marcado por muita tensão, nervosismo e ansiedade, mas nada melhor do que contar com o apoio da pessoa que se ama para enfrentar este desafio. O estudante Pedro Henrique Tosta, de 17 anos, é um dos sortudos que tem a mãe acompanhando tudo de pertinho. Mas, além da convivência diária, a pedagoga Lorena Tosta, de 36 anos, estuda ao lado do filho pois também irá fazer a prova do Enem 2020. Eles também se inscreveram para os aulões preparatórios do 'Boa Prova - Enem 2020'.

No ano passado, Pedro e Lorena fizeram a prova do Enem na mesma sala (Foto: Acervo pessoal)
A Bahia FM e o iBahia, em parceria com a Uniruy, vão realizar o 'Boa Prova - Enem 2020' que consiste em dois aulões preparatórios gratuitos com grandes professores que irão traçar as estratégias para garantir um maior desempenho nos dias das provas. O evento será realizado entre os dias 9 e 11 de janeiro, de forma virtual e online. As inscrições e mais informações podem ser obtidas através do site.


Ao iBahia, Lorena contou que sempre procurou estar ao lado de filho na maioria das atividades: da crisma, passando pelo judô até ao primeiro Enem feito pelos dois, no qual acabaram fazendo a prova na mesma sala.

"Ano passado Pedro fez o exame como treineiro e ele estava usando muletas por causa de um pequeno acidente no joelho. Na época, me inscrevi para dar força a ele, estudamos juntos e fizemos uma competição para ver quem conseguia mais pontos na prova", contou Lorena.

Pedro, que quer cursar medicina, estuda cerca de 4 horas por dia além da rotina das aulas online, já Lorena só consegue reservar uma hora para o estudo. Ele garantiu que a mãe não precisa de muitas dicas, mas que sempre precisa dar 'ajudinha' no inglês. "É bom saber que minha mãe está ali pertinho de mim e estudar ao lado dela também é muito legal", disse.

Quanto a importância de assistir os aulões preparatórios, o estudante garantiu que é bom revisar o conteúdo. "Gostei da ideia de ter aula presencial novamente. Os aulões ajudam na revisão e também fazem com que a gente se acalme", detalhou.


"Nem sempre tenho tempo para estudar, pois trabalho bastante e minha rotina é mais pesada e mais corrida. Esses aulões ajudam a 'refrescar' a memória e a relembrar o que é mais importante para a prova", pontuou Lorena.

O professor de matemática de Pedro e um dos integrantes da equipe do 'Boa Prova - Enem 2020', Felipe Sampaio, pontuou que, mesmo que uma pessoa tenha concluído o ensino médio há alguns anos, o exame possui questões que envolvem situações do dia a dia e podem ajudar candidatos que tenham mais experiência. Além disso, ele ressaltou a importância das pessoas participarem do aulões preparatórios realizados pela Bahia FM e pelo iBahia.

"Nos aulões eu e os outros professores iremos dar as principais dicas para o estudante que irá fazer a prova. Ele precisa revistar  o que é mais importante, portando iremos mostrar as questão que estatisticamente mais caem no Enem e iremos elaborar estratégias para resolvê-las da forma mais objetiva possível", explicou o professor.