Comportamento

Dia dos Namorados: veja como fugir de relações 'ciladas'

Especialista explica que é preciso ter atenção para não entrar em relacionamentos problemáticos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Dia dos Namorados (12 de junho) está chegando, e junto com a data surgem várias postagens de casais nas rede sociais, o que causa medos nos solteiros que estão à procura”. E é justamente nesse momento que é preciso ter atenção para não entrar em relacionamentos problemáticos apenas para suprir uma sensação de vazio. 

Nesse sentido, a especialista e ativista em desenvolvimento pessoal, Tati Sincera, faz um alerta. “Problemas de relacionamento estão diretamente ligados à falta de autoconhecimento. Se eu não sei o que quero, o que valorizo, não tenho clareza dos meus sentimentos, ou tenho valores e princípios fracos e inconstantes, eu automaticamente não estou inteiro numa relação, mas tentando me preencher no outro”, diz.

A especialista afirma ainda que os relacionamentos só viram problemas por falta de conhecimento próprio. “A gente só não cai em ciladas quando não ficamos procurando o outro para tapar nossos buracos, nossas carências, nossas faltas e frustrações! Quando estamos dispostos a olhar o outro como ele é e não como esperamos! E isso tudo volta ao meu lema, autoconhecimento para poder dizer ‘quero você por essa ou por aquela razão’ e dar conta dos seus interesses sobre a relação sem colocar no outro a responsabilidade disso!”, explica.

Para ajudar a evitar esse problemas, Tati separou dicas de como não entrar em relacionamentos "ciladas". Confira as sugestões abaixo:

- Tudo está mais intenso do que o normal: cuidado com a carência e as expectativas para não transformar sapos em príncipes e nem príncipes em sapos por pequenas coisas;

- Foto de perfil e palavras bonitas não provam nada: lembrem que até papagaio fala e que na arte da sedução a escola da vida ensina bons truques de mais crédito as atitudes;

- Relacionamento não é jogo de adivinhação: ficar de cara fechada ou fazendo drama não vai resolver o problema, só criar mais um;

- E a dica de ouro: defina o que quer e o que merece de um relacionamento para que não deixe os limites serem ultrapassados no decorrer da relação;