Comportamento

Durante isolamento, site pornô brasileiro dobra número de assinantes por dia

Na quarta-feira (18), até 12h, o site já tinha mais de 295 novos assinantes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Com a medidas dos governos para ficar em casa, alguns setores estão preocupados com o prejuízo pós-isolamento. Mas, para o setor dos filmes adultos o momento é de aumento de clientes. O site da Brasileirinhas está registrando o dobro de assinaturas diárias habituais desde a última segunda-feira — quando a pandemia começou a trancar as pessoas em casa de fato.


De acordo com a produtora, na semana passada houve uma média de 312 assinaturas diárias. Na segunda e na terça-feira desta semana o número passou para mais de 600. Já na quarta-feira (18), até 12h, o site das Brasileirinhas já tinha mais de 295 novos assinantes.

Foto: divulgação
O site oferece dois planos: um de R$ 29,90 que dá direito a assistir uma espécie de "BBB" semanal com as atrizes e cerca de 5.000 horas de vídeo. O de R$ 39,90, assinatura premium, oferece o reality e acesso a 1.045 filmes do acervo do site.

O "bom momento" nas vendas da indústria pornô também já é notório foram do Brasil. Na Itália, o site Pornhub liberou acesso ao conteúdo premium para todos os italianos.