Eleições 2018

Durante sabatina, Zé Ronaldo promete não aumentar impostos se eleito

Candidato do DEM foi o primeiro a participar da sabatina do iBahia/CORREIO nesta terça (4)

Júlia Vigné, do Correio 24h

Já pensou em viver em um estado em que os impostos não aumentassem? Essa é uma das promessas do candidato Zé Ronaldo (DEM), primeiro postulante ao Palácio de Ondina a participar da sabatina do CORREIO/iBahia, que aconteceu nesta terça-feira (4) às 11h, ao vivo nos canais dos veículos.

Foto: Marina Silva/CORREIO
Zé Ronaldo foi questionado pelo editor de economia e política do CORREIO, Donaldson Gomes, sobre o ICMS cobrado na Bahia, um dos maiores do país. O candidato afirmou que não irá aumentar os tributos, caso seja eleito. Com relação ao ICMS, o democrata afirmou que irá retornar ao à lei em vigência no governo de Paulo Souto com uma incidência menor da cobrança do diesel.

Após a sabatina, o candidato explicou à reportagem que a manutenção - e até redução - dos impostos baianos poderá ser implementado através do encolhimento do gasto do estado. Ele chegou a prometer durante o debate CORREIO/iBahia que irá reduzir o número de secretarias do governo do estado, mas não quis pontuar quais pastas deixarão de existir, caso ele seja eleito.

Zé Ronaldo afirmou que as prioridades de seu governo serão a saúde e a segurança pública do estado. De acordo com ele, os primeiros seis meses de sua gestão serão voltados para soluções nas duas áreas. “A central da regulação e segurança pública serão tratados nos primeiros seis meses de governo como algo de extrema prioridade”, afirmou o democrata ao CORREIO. Ele ainda prometeu que “nunca vou investir menos de 14% na saúde” e afirmou pretender aumentar o percentual de investimento ao longo dos anos.


Durante a sabatina, Ronaldo prometeu a criação de 11 regiões de saúde para melhorar a marcação de consultas e acesso à saúde pela população. “Vou criar 11 centrais de regulação regionais. Hoje, mesmo pessoas que moram ao sul do estado têm que ir para Salvador nesses casos. Irei criar em Teixeira de Freitas, Eunápolis, Cícero Dantas, Ribeira do Pombal. Nós vamos construir hospitais que o governo prometeu e não cumpriu no Extremo Sul, na Região Sisaleira, no Norte da Bahia. Com isso, nós iremos ampliar os leitos e dar dinamismo aos leitos hospitalares”, prometeu Ronaldo.

O candidato ainda afirmou que tentará equiparar o tempo de espera da rede pública com a da rede privada. “Hoje você espera oito dias para um atendimento em hospitais estaduais, enquanto na rede privada você consegue na hora. Nós queremos acabar isso através da melhoria da gestão das unidades hospitalares e do fornecimento de material”, disse.

Questionado sobre políticas para diminuir a violência contra as mulheres no estado, Ronaldo afirmou que realizou “todas as políticas que nos foi solicitada” enquanto foi prefeito de Feira de Santana. O candidato foi prefeito da cidade por quatro mandatos. “Eu fiz a casa do abrigo, realizamos a perfeita integração com as delegacias da mulher. Temos que buscar uma estrutura administrativa para realizar”.

Confira a sabatina completa: