Arte e Decoração

É blogueirinha? Aprenda a arrumar a casa para fazer gravações e fotos

Ambiente da casa chama atenção e faz a diferença em um clique ou até nas videoconferências

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O ambiente de casa serve muitas vezes como plano de fundo para postar fotos ou vídeos nas redes sociais. Seja o "look do dia", um vídeo tutorial ou até uma videoconferência, sempre há olhos atentos para o que tem atrás de você, na composição do cômodo que estiver. Por isso, os arquitetos Renan Altera, do escritório Altera Arquitetura, e Júlia Guadix, à frente do escritório Liv’n Arquitetura, separaram algumas dicas para tornar sua casa "instagramável".

1) Cores e mais cores: 

“Todas as cores, quando usadas de forma harmônica, podem valorizar um ambiente. Tudo dependerá da intenção do projeto e da personalidade do morador”, explica Renan Altera. Com esse pensamento em mente, você poderá escolher a paleta de cores que mais combina com a sua personalidade e o estilo do espaço.

As cores vibrantes chamam a atenção por si só, mas exigem cuidado quando aplicadas nas paredes. Nesse caso, o ideal é procurar objetos decorativos e móveis mais minimalistas, evitando uma confusão visual na foto.

“As composições com tonalidades mais claras e neutras, por sua vez, trazem muito frescor e são perfeitas para uma decoração nórdica”, conta Júlia Guadix. Nesse contexto é possível ousar com uma paleta mais chamativa frente aos demais itens que irão compor o ambiente. Os tons acinzentados, por exemplo, oferecem uma sensação de conforto, sendo possível combiná-los com outras cores.

2) Iluminação:

Depois de escolher o local perfeito da casa para os photo shooting, está na hora de se preocupar com a iluminação. Sendo um dos elementos fundamentais para uma boa foto, precisa de uma atenção redobrada. Dentre as muitas possibilidades, a que mais valoriza é a iluminação natural. Portanto, se o cômodo conta com grandes janelas, as imagens capturadas durante o dia ficarão lindas.

Quanto à luz artificial, o melhor é fugir das lâmpadas frias (brancas azuladas) que não enaltecem nem o ambiente e nem as pessoas. “Opte pela iluminação branco quente, entre 2700K A 3000K, que são mais confortáveis visualmente”, aconselha a arquiteta. Se a ideia for usar luzes coloridas, é valioso se atentar aos contrastes e ao posicionamento delas.

Nesse quesito ainda é possível citar outras fontes decorativas que podem embelezar a foto. “Spots pontuais e fitas de LED auxiliam os cliques durante a noite, quando a luz natural não está mais presente”, afirma Renan. Com os LEDs, dá para brincar usando cores e palavras ou frases divertidas na parede.

3) Organização do ambiente: 

A organização é fundamental – tanto para as fotos, quanto no dia a dia. Afinal, ambientes bagunçados e com muitos objetos desagradam moradores e os seguidores. Portanto, a dica principal é deixar no espaço somente o que a ele pertence e é funcional. Depois de realizar essa seleção, escolha os objetos que forem bonitos para ficarem expostos nas mesas, aparadores, prateleiras ou até mesmo pendurados em uma composição nas paredes. “Para o restante, agrupe por categorias em cestos, nichos e caixas que sejam esteticamente harmônicas com o estilo de decoração”, afirma a arquiteta à frente do Liv’n Arquitetura.

O arquiteto Renan Altera ainda aconselha a tomar cuidado com os itens que ficarem jogados aleatoriamente no local. “Por exemplo, se você costuma usar uma manta no sofá para descansar ou assistir TV, providencie um cesto para guardá-la ao lado”, diz. Acima de tudo é essencial manter a arrumação dentro dos nichos, prateleiras e caixas.

4) Plantinhas por todos os lados: 

As plantinhas são super bem-vindas e não poderiam faltar na produção de uma foto. Uma dica legal é apostar na mistura de várias espécies em um mesmo ambiente e brincar com as alturas em que serão dispostas. Além disso, os tons de verde combinam perfeitamente com cores quentes, dessa forma posicioná-las em algum mobiliário ou decoração com essa paleta pode tornar tudo mais atraente.

Uma sugestão é eleger vasos ou cachepots bonitos para aparecerem nos cliques. Afinal, cada detalhe faz toda a diferença! “Gosto de colocar as plantas em composições deslocadas do centro do ambiente, preferindo arrumá-las em mesas, prateleiras ou aparadores nos cantos para emoldurar a foto”, explica Júlia. Planos verdes como os jardins verticais também criam um fundo lindo.

5) Móveis e objetos diversos: 

Quando falamos em móveis e objetos, é essencial ter em mente a composição. Se esses itens estiverem jogados pelo espaço, o resultado não ficará instagramável. “Canecas/bules de café e taças são bons itens para aparecerem em bancadas de ambientes como cozinhas, ilhas etc. Óculos, livros, laptops, celulares e tablets são excelentes para escritórios e bancadas de home office”, conta o arquiteto. Uma bonita gallery wall também atua como fundo perfeito para os cliques que serão postados nas redes sociais. Basta seguir o estilo de decoração do ambiente e a personalidade dos moradores que será sucesso garantido.

6) Espelhos: 

Espelhos bem posicionados são ótimos aliados para tirar fotos, desde que reflitam espaços bonitos e organizados, evitando aqueles cantos mais escuros e bagunçados que não valorizam o arranjo. Para os modelos fixos, o recomendado é que se escolha o melhor ângulo justamente para capturar a parte mais atraente do ambiente. “Já quando o espelho é móvel, é possível colocá-lo de uma maneira que favoreça o melhor foco para o registro”, finaliza Júlia Guadix.