Comportamento

Eduardo Oliveira lança o livro 'Como matar um corrupto'

Jornalista lançou obra de forma independente

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

De repente, políticos brasileiro começam a ser assassinados. Coincidência ou não, todas as vítimas são envolvidas em casos de corrupção. É a partir daí que se desenrola a trama do livro "Como matar um corrupto", primeiro romance do jornalista Eduardo Oliveira.

A trama policial gira em torno das investigações dos crimes, acompanhando a rotina dos policiais que estão no caso, e mostra as apurações feitas por um jornalista, que  recebe informações sobre as mortes. São dois caminhos que se cruzam para falar das pequenas corrupções diárias que norteiam muitas das relações no país, especialmente agora, quando vivemos às vésperas de mais uma eleição. "O livro trata da corrupção de uma maneira ampla, apesar de focar nas injustiças na política", diz o autor.

O livro nasceu de um roteiro para um filme que o autor escreveu em 2015. Eduardo Oliveira, além de repórter da TV Bahia, afiliada Globo no estado, também é roteirista e diretor. A série "Hunt", que ele criou e atualmente é exibida pela TVE Bahia, foi indicada ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2020. "Depois de ter escrito o roteiro, imaginei que a história poderia ser ampliada, pois retrata um Brasil muito atual, além de envolver crimes e mistério, um universo que dá milhões de possibilidades para um autor".

O livro foi editado e publicado pelo próprio autor, uma tendência do mercado atual. "Publicar sozinho, sem uma editora, é um desafio enorme, pois envolve custos e planejamento, mas é uma possibilidade interessante para quem quer começar", diz Eduardo. O romance é vendido através do instagram do autor (@eduardooliveiraradar) e também está disponível em formato digital, na Amazon.com.br.