Educação

Educador lista seis dicas essenciais para garantir um bom desempenho no Enem 2020

Luiz Rafael Silva ressalta que um bom planejamento e o conhecimento da prova, além do conteúdo, pode ser o diferencial

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Preparado (a) para encarar o Enem 2020? Na reta final dos estudos o coordenador pedagógico do colégio Mopi, Luiz Rafael Silva, ressalta que um bom planejamento e o conhecimento da prova, além do conteúdo, pode ser o diferencial no desempenho de sucesso para uma vaga universitária. A prova impressa vai ser aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro, e a versão digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

A Bahia FM e o iBahia,

em parceria com a Uniruy, vão realizar o 'Boa Prova - Enem 2020' que

consiste em dois aulões preparatórios gratuitos com grandes professores

que irão traçar as estratégias para garantir um maior desempenho nos

dias das provas. O evento será realizado entre os dias 9 e 11 de

janeiro, de forma virtual e online. As inscrições e mais informações podem ser obtidas através do site.

Para ajudar os estudantes, o educador  explicita seis dicas fundamentais, além do conteúdo, para realizar uma boa prova, orientando sobre suas peculiaridades e dando dicas que impactam positivamente nas questões físicas e emocionais dos candidatos. 

1. Leitura do edital: É raramente feita nas escolas, mas importantíssimo para o entendimento dos diversos procedimentos durante a prova. Alunos foram desclassificados antes mesmo de começar o exame, porque estavam escrevendo fórmulas de física na capa da mesma. Muitos candidatos não sabem que antes do início da prova não pode ser nada escrito na mesma, mas essa orientação está no edital.


2. Diminua a intensidade de estudo nas vésperas: Na semana anterior ao Enem, o mais importante são reduzir a intensidade dos estudos e concentrar esforços em saúde e qualidade de vida. Como a prova é longa e cansativa, estar com o corpo e mente preparados é essencial. Lembre-se de que quanto maior a ansiedade, maior será o estresse e em um feedback positivo irá afetar ainda mais seu quadro ansioso.

3. Inicie pelas questões de maior afinidade: Durante o exame, ao ser dado o comando de início, comece a área que você tem maior afinidade e faça um “survey” (análise, pesquisa) sobre o instrumento. Observe de modo geral cada questão, folheando a prova, as imagens, os gráficos, tentando reconhecer os assuntos que você provavelmente trabalhou em aula. Isso vai te dar maior segurança e evitará surpresas ao longo da prova. Entenda que nosso estímulo a fazer as questões de modo excelente tem relação com alguns neurotransmissores. A cada questão que você acerta ou reconhece o tema, uma descarga de dopamina será liberada, te estimulando a seguir em frente. Portanto, sempre inicie nas questões em que você tem segurança. Se achar alguma questão difícil não fique nela. Marque na prova que você deverá fazer posteriormente.

4. Dicas para ciências da natureza: Dentro da área de ciências da natureza, sempre inicie com biologia. É esta disciplina que economizará tempo pra você conseguir resolver as questões de química e física.


5. Alimentação: Leve um lanche açucarado (como chocolates) para a prova. Ao comer um pedaço, descargas de dopamina serão liberadas e você terá mais foco.

6. Redação: Ao fazer o resumo, lembre-se  de que existem critérios de correção e eles indicarão seus pontos. Relembre estes critérios para você ter uma melhor orientação. Garanta pontuação nas questões que você tem maior entendimento.