Eleições 2018

Eleições 2018: acompanhe em tempo real votação, apuração e resultado

Veja aqui, em tempo real, a apuração do resultado das eleições 2018, para Presidente da República

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Com 94,44% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro (PSL) está matematicamente eleito com 55,54% dos votos contra 44,46% de Fernando Haddad (PT).

************************************
JAIR BOLSONARO É ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL

Foto: Divulgação
*********************
19h12: 92,08% DAS URNAS APURADAS
JAIR BOLSONARO (PSL) 55,63% X FERNANDO HADDAD (PT) 44,37%

**************************************
19H02 DIVULGADA APURAÇÃO, COM 88% DAS URNAS APURADAS

JAIR BOLSONARO 55.7% X 44.3% FERNANDO HADDAD

***********************

19h DIVULGADA PESQUISA BOCA DE URNA

JAIR BOLSONARO 56% X 44% FERNANDO HADDAD

*************************

Haddad vai acompanhar apuração com correligionários e simpatizantes

Bolsonaro aguarda apuração ao lado de filhos e principais aliados

TR: Em visita ao Centro Nacional do Sistema Único de Segurança Pública para as Eleições, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ressaltou que o próximo presidente eleito terá que governar “para todos” e sob os mandamentos da Constituição.

— É muito importante lembrar que a Constituição assegura dignidade da pessoa humana, direitos e liberdades para todos, uma sociedade plural em que a opinião de todos é igualmente válida. E é por isso muito importante compreender também que o eleito governará para todos— disse Dodge. — Com isso, inauguramos um novo período de convivência democrática, pacífica e plural regida pela Constituição brasileira.


TR: Com 80,99% das urnas apuradas no Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) foi confirmado como governador às 17h37 deste domingo. Ibaneis recebeu, até o momento, 850.050 votos, contra 356.492 do seu oponente, o atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB).

Ibaneis teve uma ascensão inesperada desde o início da corrida eleitoral no Distrito Federal: começou na última colocação na disputa, com 2% das intenções de voto em agosto e cresceu na reta final, atingindo o patamar de 75% nas últimas pesquisas.

TR: Já Haddad preferiu se encontrar com lideranças do partido em um hotel de São Paulo antes de votar em uma escola na Zona Sul da capital paulista. No local ele disse que vê uma forte "tendência de alta" para virar a eleição, e fez um apelo pela paz.

- Sinto nas ruas do Brasil muita militância cidadã, cidadãos comuns indo às ruas para defender o Brasil e a democracia. Estamos com uma forte tendência de alta, estou muito esperançoso de que nós vamos ter um grande resultado hoje à noite - afirmou o candidato.

TR: Acompanhado da mulher e usando um colete à prova de balas, ele causou alvoroço entre seus apoiadores que estavam na Escola Municipal Rosa da Fonseca, que fica dentro da Vila Militar, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. Confiante, ele falou em vitória. - É o que eu vi nas ruas ao longo dos últimos meses, vitória - disse o candidato.


TR: O clima é de euforia na orla da Barra da Tijuca, no Rio, no trecho próximo a residência do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), líder nas urnas de acordo com os institutos de pesquisa.

Mais de cem pessoas se aglomeram no local para acompanhar o início da apuração dos votos. A população já solta fogos, embalada por carros de som, que toca desde samba, passando pelo hino do Flamengo, e, às vezes, o Hino Nacional.

Eleitor tem prisão decretada após agredir mesária e errar voto

Segundo mesário sofre infarto e morre durante segundo turno

TR: Após votar, pela manhã, o candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, passou o início da tarde com a família no apartamento, em São Paulo. Ele é esperado no final de tarde em um hotel da cidade, onde simpatizantes e correligionários o aguardam para acompanhar a apuração dos votos.

No hotel, foi montado um esquema chamado de “quartel-general” com estrutura para entrevistas coletivas para a imprensa e telefonemas para autoridades.

Pela manhã, Haddad votou acompanhado pela mulher Ana Estela e cumprimentou eleitores que estavam com rosas brancas e vermelhas, além de livros. As flores e os livros fazem parte de uma campanha lançada, na internet, pelos simpatizantes do PT.


TR: O presidente Michel Temer afirmou neste domingo no Twitter, após registrar seu voto no segundo turno das eleições, que a transição para o presidente eleito já está organizada em todos os setores do governo, e será realizada de forma "muita sossegada".

Temer votou em um colégio da capital paulista, e disse esperar mais um dia de votações tranquilas pelo país.

"A transição começará em seguida e será muito sossegada. Os tópicos já estão organizados em todos os setores do governo", disse Temer em mensagem no Twitter.

TR: No total, foram registradas nove prisões. As detenções ocorreram nos municípios de Chorrochó (158ª ZE) e Ilhéus (26ª ZE) por boca de urna. Em Itapetinga (140ª ZE), um eleitor foi flagrado filmando a urna eletrônica na cabine de votação, sendo detido por quebra de sigilo de voto. Em Valente (120ª ZE), um eleitor foi preso por descumprir a ordem judicial eleitoral, que proibiu o consumo e venda de bebida alcoólica na cidade.  

Em Uruçuca (198ª ZE) houve a denúncia de que, nas Fazendas Porto Seguro e Jorge Gabrielli, os trabalhadores estariam sendo impedidos de se deslocarem até seus locais de votação. O juiz eleitoral solicitou o deslocamento da guarnição da Polícia Militar para averiguação do fato, mas, chegando ao local, nenhuma irregularidade foi constatada.

TR: Segundo o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), 262 urnas eletrônicas apresentaram problemas em todo o Estado.  Houve substituição de 240 equipamentos. O município com maior número de troca de urnas eletrônicas foi Salvador. A capital baiana registrou 63 substituições de urnas. Em Vitória da Conquista, 15 urnas eletrônicas precisaram ser trocadas. 

TR: Terceiro colocado no primeiro turno da eleição para a Presidência, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) disse neste domingo que fará oposição a qualquer que seja o vencedor da disputa entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), acrescentando que o eleito não terá condições de desarmar uma "bomba de ódio" que vem destruindo a economia brasileira.

Ciro votou em Fortaleza um dia após ter anunciado em vídeo, divulgado nas redes sociais, que não tomaria posição pública no segundo turno da corrida pelo Palácio do Planalto. Ele alegou que sua consciência lhe impunha a preservação de um "caminho" para servir de referência aos brasileiros no enfrentamento do que chamou de "dias terríveis" pela frente.

TR: Ibaneis Rocha (MDB) é eleito governador do Distrito Federal (DF). Às 17h42, com 88,27% das urnas apuradas o candidato emedebista está matematicamente eleito.

TR: Em razão do fusão horário do Acre - 2h a menos que horário de Brasília - a pesquisa Boca de Urna para presidente só será anunciada a partir das 19h, ao mesmo tempo em que começa a divulgação da apuração dos resultados. iBahia acompanha voto a voto. 

17h Portões fechados nas zonas eleitorais de Salvador e cidades brasileiras que seguem fuso horário de Brasília. Lembrando que quem conseguiu entrar antes das 17h, mas aguarda o momento de votar dentro das zonas eleitorais, tem o garantido o direito ao voto.

TR: Terceiro colocado no primeiro turno da eleição para a Presidência, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) disse neste domingo que fará oposição a qualquer que seja o vencedor da disputa entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), acrescentando que o eleito não terá condições de desarmar uma "bomba de ódio" que vem destruindo a economia brasileira.

Ciro votou em Fortaleza um dia após ter anunciado em vídeo, divulgado nas redes sociais, que não tomaria posição pública no segundo turno da corrida pelo Palácio do Planalto. Ele alegou que sua consciência lhe impunha a preservação de um "caminho" para servir de referência aos brasileiros no enfrentamento do que chamou de "dias terríveis" pela frente.

TR: Um segundo mesário sofreu um infarto e morreu durante o 2º turno das eleições para governador e presidente no estado do Rio de Janeiro. Pouco antes das 15h de hoje (28), a diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), Adriana Brandão, confirmou a informação. Pela manhã, um mesário também morreu no estado.

A segunda morte foi no Tijuca Tênis Clube, na zona norte do Rio, onde Andreia Cristina Duarte Gouveia passou mal e foi socorrida pela unidade de pronto atendimento do bairro. Ela era mesária da Seção 140, tinha 51 anos e sofreu um infarto.

Mais cedo, o TRE havia informado que o mesário João Carlos Félix, de 50 anos, também morreu vítima de um ataque cardíaco. Ele trabalhava na 156ª zona eleitoral, localizada no Centro Federal de Educação Tecnológica de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

TR: Um eleitor foi preso durante o segundo turno, realizado neste domingo (28), após agredir uma mesária que tentou impedi-lo de registrar em vídeo o seu voto na urna eletrônica. O caso aconteceu em colégio eleitoral de Belém (PA). No vídeo, mostra a tela da urna com a opção de voto para governador e, quando o eleitor digita '17', aparece a mensagem 'voto nulo', pois não há candidato concorrendo com este número no estado. As informações do G1 Pará. 


A votação dos famosos: os artistas que apoiam Haddad e Bolsonaro

TR: A Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) de Campo Grande vai apurar o caso de um post no Facebook atribuído a uma médica, afirmando que era "dia de maldade" e de dar alta a pacientes dependendo do voto de cada um. Uma captura de tela do texto gerou revolta nas redes sociais. O perfil de Beatriz Padovan Vilela foi excluído.

"Hoje é dia de maldade. Perguntar pro paciente em quem vai votar antes da alta. Dependendo da resposta, alta só segunda!! #B17 É dessa vitamina que o povo brasileiro precisa!", dizia a publicação. Uma crítica à atitude da médica publicada no Twitter na manhã deste domingo já angariou quase 2 mil curtidas e cerca de 1,1 mil compartilhamentos.


TR: Já o prefeito de Salvador, ACM Neto, votou na Faculdade de Administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Canela. "Quem perder tem que reconhecer derrota, como eu sempre fiz todas as vezes em que o PT ganhou as eleições desde 2002. Quem perder precisa ter humildade porque o Brasil não pode viver sob conflito e não dá para querer fazer terceiro turno. Quem perder tem que ir para a oposição. Peço ao PT que, perdendo a eleição, o partido respeite o resultado das urnas e assuma seu papel futuro de oposição", disse o prefeito. 

TR: Reeleito governador da Bahia para mais quatro anos, Rui Costa (PT) votou acompanhado da primeira dama, Aline Peixoto, e de deputados estaduais e federais eleitos que compõe a base, em uma escola no bairro da Liberdade. Após o voto, que durou menos de um minuto, o governador concedeu entrevista coletiva e deixou a escola às 11h05. Ele deve acompanhar a apuração no Palácio de Ondina.

"Eu tenho certeza que nós vamos vencer. Hoje é o dia da virada. Como eu sempre digo na vida: com emoção é muito melhor e será a maior virada do período democrático desse país", disse ele.


TR: O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse neste domingo que só haverá risco à democracia em um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL) se a população desistir de lutar por ela. Ele lembrou que a Constituição deve ser respeitada e que qualquer mudança só será válida se realizada “dentro da regra”, isto é, respeitando-se a Carta.

— O risco à democracia é se nós desistirmos dela. Eu não vou desistir - afirmou o ex-presidente logo depois de votar no Colégio Sion, em Higienópolis, zona nobre de São Paulo.


TR: Veja aqui outros artistas que já registram voto neste domingo de eleição

TR: O cantor Gilberto Gil, ao lado da mulher Flora Gil, também já votou, no Rio de Janeiro


TR: Apresentador Luciano Huck vota na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Foto: Agnews

Legenda

TR: Com manifesto de apoio e panelaço, Haddad vota em São Paulo. Um grupo de eleitores a favor de Jair Bolsonaro fazia vídeos e gritava palavras de ordem contra os artistas que entoavam cantos favoráveis a Haddad. Ao mesmo tempo, ocorre um panelaço nos prédios no entorno. A polícia interveio e separou os grupos.


TR: Bolsonaro vota no Rio de Janeiro com colete à prova de balas. Além dos policiais federais e militares que já trabalharam no local no primeiro turno, também há mais de 20 militares do 11º Batalhão de Polícia do Exército na entrada da escola.


TR: Esqueceu o seu local de votação? Não se preocupe! O processo de consulta é simples e pode ser realizado através da internet, pelo site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-Ba) e evita atrasos desnecessários no dia do segundo turno (28 de outubro)

TR: Na pesquisa anterior do instituto, divulgada no dia 22, Bolsonaro tinha 57 por cento dos votos válidos, contra 43 por cento de Haddad. As oscilações de ambos os postulantes ao Planalto aconteceram dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2,2 pontos percentuais.

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro tem 56,8% dos votos válidos; Haddad, 43,2%

TR: No levantamento anterior do Ibope, divulgado na terça-feira, Bolsonaro tinha 57% dos votos válidos, contra 43% de Haddad.

Ibope: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos, e Haddad, 46%

TR: Na Bahia, ainda no 1º turno, o índice de abstenção chegou  20,74%, ou seja, cerca de dois milhões cidadãos optaram em não escolher candidatos que vão montar o quebra-cabeça político do Brasil pelos próximos quatro anos. Neste segundo turno, são esperados 10 milhões de eleitores nas urnas distribuídas nos 471 municípios baianos. 

TR: No primeiro turno, realizado no dia 7 de outubro, 30 milhões (20,3%) de pessoas deixaram de ir às urnas, maior abstenção desde o pleito de 1998, quando o percentual foi de 21,5%.

TR: Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se enfrentam em uma  disputa com 147,3 milhões de eleitores aptos a votar  em todo o Brasil no domingo (28).

TR: Quem vai subir a rampa do Palácio do Planalto com a faixa presidencial no dia 1º de janeiro de 2019?

TR: Bom dia, internautas do iBahia! Estamos a postos para acompanhar, com você, tudo sobre este domingo de eleições!