Cinema

Em fim de semana de estreia, 'Somos Tão Jovens' conquista 5,8 milhões de reais

O primeiro do ranking, Homem de Ferro 3, já se tornou a maior bilheteria do ano

Editoria Cultura & Comportamento
- Atualizada em


Com uma ótima estreia, Somos Tão Jovens foi o sexto melhor lançamento do ano em renda e o sexto melhor fim de semana de abertura de um filme brasileiro em público desde a retomada. O filme atraiu 471,5 mil pagantes, conquistou R$ 5,8 milhões de renda e fechou na segunda posição do ranking. A história de Renato Russo superou a estreia de 'Cazuza – O tempo não para', de 2004, que teve 294,1 mil de público no primeiro fim de semana, na época.


Em cartaz em 550 salas,a cinebiografia musical obteve uma forte média de 857 espectadores por sala. Em comparação, Homem de Ferro 3 teve uma média de quase mil espectadores por sala, com um circuito que traz mais que o dobro de salas (1.174).


Em apenas dez dias, Homem de Ferro 3 já se tornou a maior bilheteria do ano até agora. Na sua segunda semana em cartaz, o filme seguiu estabelecido na liderança do ranking. Entre sexta-feira (3) e domingo (5) o filme ainda arrecadou R$ 16,4 milhões adicionais nas bilheterias, que no total já beiram os R$ 60 milhões.


Em Transe estreou em quinto, com R$ 509,8 mil de renda e 36,3 mil pagantes. Com circuito de 96 salas, o filme de Danny Boyle teve uma média de 378 espectadores por sala. Na sétima semana, c comédia brasileira Vai que dá certo, em terceiro lugar, arrecadou R$ 722 mil – já são R$ 27,9 milhões no acumulado. Mas a comédia já dá sinais de perda de sustentação, com queda de 45% e média de 286 espectadores por sala.



* Com informações do Filme B.