Tecnologia

Empresa vai pagar candidato para pedir comida no delivery por um mês

Não é preciso ser especialista em gastronomia, nem ter uma base grande de seguidores

Agência O Globo

A startup Share Eat está com uma vaga inusitada aberta: testador de delivery. O selecionado será remunerado para pedir comida em casa por um mês e postar nas redes sociais. Para se candidatar, é necessário ser um verdadeiro fã dos serviços de entrega para compartilhar seus hábitos e escolhas.

As inscrições vão de 18 de dezembro de 2019 até 7 de janeiro de 2020 e podem ser realizadas pelo link: http://testadordedelivery.shareeat.com.br. Não é preciso ser especialista em gastronomia, nem ter uma base grande de seguidores.

"Vamos avaliar de acordo com as respostas do formulário e as redes sociais do candidato, como ele entrega esse conteúdo", explica Diego Fabris, sócio fundador do Share Eat.

O selecionado poderá pedir 20 deliveries no valor de até R$100,00 cada um e ainda receber R$1.000,00 pelo trabalho.

“O grande diferencial do Share Eat é a rapidez e praticidade aliada com a curadoria de experts locais, que são aquelas pessoas na cidade que sempre sabem das novidades e melhores lugares para comer e beber bem”, explica Diego Fabris, sócio fundador.