Arte e Decoração

Energia do verão: veja como compor as áreas externas de sua casa

Alta estação é o momento perfeito para rearrumar local

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Com o verão em pleno vapor no Brasil, é a melhor hora de buscar o sol e o ar livre. Para quem tem áreas assim dentro da própria casa, com direito a piscina, churrasqueira ou o que preferir, vale pensar qual a melhor forma de compor esse local externo. Para ajudar nessa missão, a arquiteta Luizette Davini e o designer Rogério Castro, do Studio Davini Castro, uniram diversas dicas.

Segundo os sócios, planejar os espaços com antecedência é essencial. “Uma área externa pode ter diversos usos e é importante tê-los em mente. Um espaço de relaxamento pede por peças diferentes de uma área gourmet, por exemplo”, pontua Luizette. Independente da finalidade, porém, a arquiteta aponta que os materiais devem ser resistentes, uma vez que sofrem constantemente com as intempéries, como sol, chuva e vento. “Prefira pedras, concreto e madeira com tratamento específico para áreas externas”, indica. “Para o piso, especialmente ao redor da piscina, prefira opções antiderrapantes, que garantem segurança, e atérmicos”, complementa.

Atenção e cuidado na hora de escolher os mobiliários e o material que são feitos também é muito importante. “Como eles também sofrem com a ação do tempo, devem ser resistentes. Dê preferência para os de alumínio, cordas náuticas, fibras naturais e madeira, desde que tenha o tratamento adequado”, diz Rogério Castro. Para a madeira, o designer indica a aplicação de stein, que funciona como um verniz e protege o material. “Ainda assim, eles funcionam melhor em áreas externas recobertas”, explica. Para os tecidos, opte por aqueles impermeáveis – com proteção UVA/UVB – resistentes a ação do tempo, com acabamento antimicrobiano e que não propagam o calor.

Além dos materiais, considerar a estética e conforto faz toda a diferença para criar uma área externa e de lazer agradável. “Cores claras são perfeitas e esquentam menos. O azul também é uma ótima opção, trazendo um estilo navy”, indica. Para a composição, Rogério sugere dispor os móveis sobre um pequeno deck ou em espaços delimitados por pisos drenantes e pedriscos. “A composição circular privilegia as conversas nas horas de relaxamento”, pontua.

Para complementar, é impossível pensar em uma área externa sem falar sobre o paisagismo – especialmente atualmente, em que o conceito de biofilia está cada vez mais presente nos projetos de interiores. “Plantas trazem frescor e vida aos ambientes, além de oferecer conforto térmico e sombreamento”, explica Luizette Davini. A natureza também pode estar mais próxima com o uso de materiais naturais, seja na estrutura ou nos mobiliários.