Tecnologia

Erro crítico do Tinder permite visualizar fotos e matches; entenda

Para acessar essas informações, o hacker deve estar conectado na mesma rede Wi-Fi (pública) da vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Tinder, um dos maiores aplicativos de relacionamento do mundo, apresenta um grave erro de criptografia em seu aplicativo. Descoberto pela empresa de segurança Checkmarx, a vulnerabilidade permite que pessoas vejam curtidas e fotos pessoais do usuário.

Legenda

Para acessar essas informações, o hacker deve estar conectado na mesma rede Wi-Fi (pública) da vítima. Através de um aplicativo criado pela Checkmarx, foi possível visualizar as fotos e os dados transmitidos pelos usuários da plataforma. Para saber se houve "curtida" ou não, é só analisar a quantidade de dados enviados ao servidor: se a resposta foi sim, a transferência é de 274 bytes, se não, é de 278 bytes.

A empresa, em resposta ao site de tecnologia Engadget, disse que todas as fotos apresentadas pela Checkmarx estão em um contexto de distribuição global, mas que ainda buscam melhorar as suas ferramentas de segurança.