Mercado Imobiliário

Especialista dá cinco dicas para contratar um consórcio com segurança

Diferente de um financiamento, no consórcio, a pessoa não paga juros

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Comprar a casa própria é o sonho de muitos brasileiros. Na hora de transformá-lo em realidade, muitas pessoas optam pelos consórcios, modalidade em que o consumidor entra num grupo administrado por uma empresa para adquirir determinado bem ou serviço pagando parcelas mensais e sendo contemplado por meio de sorteios ou lances.
A popularidade do consórcio se deve à relação custo-benefício. Diferente de um financiamento, no consórcio, a pessoa não paga juros: em vez disso, paga uma taxa de administração, que costuma ser mais barata que as taxas de juros do financiamento.
No entanto, é preciso ter alguns cuidados na hora de aderir a um consórcio. A especialista Taiana Gil, da Desenvolvimento de Negócios da Consulting Soluções, em Salvador, dá cinco orientações nesse sentido. Confira as dicas da especialista:
1) Pesquise sobre a administradora de consórcios com a qual você pretende fechar negócio, verificando por exemplo credibilidade e tempo de atuação no mercado.
 
2) Cheque se a administradora em questão está autorizada junto ao Banco Central para realizar contratos de consórcios. Isso é essencial para sua segurança.
 
3) Confira se existem queixas registradas contra a administradora em órgãos de defesa do consumidor ou em sites na internet como o Reclame Aqui. Clientes insatisfeitos podem te dar uma boa percepção do tipo de negócio que a empresa oferece.
 
4) Consulte se a administradora é filiada à Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), entidade de classe que representa o sistema de consórcios em todo o território nacional
 
5) Faça uma pesquisa de preços e compare taxas de administração cobradas e prazos de pagamentos oferecidos pelas empresas que administram consórcios