Teatro

Espetáculo circense Moças Aéreas estreia nesta sexta-feira, no Picolino

A peça apresenta números aéreos de tecido, lira, corda e quadrante e marca a criação da Cia Luana Serrat

Lívia Rangel (livia.rangel@redebahia.com.br)
- Atualizada em

A artista circense, professora e herdeira do Circo Picolino, Luana Serrat vai estrear nesta sexta-feira (08), o primeiro espetáculo da sua companhia (Cia Luana Serrat). O espetáculo "Moças Aéreas", que reúne, no picadeiro, mulheres de diversas idades e profissões, na concretização do sonho e do prazer de voar, inicia temporada nesse fim de semana, no Picolino, e segue até dia 31 de jullho, sempre às sextas, sábados e domingos, às 20h. Os ingressos variam entre R$10 e R$5 (cadeira) e R$4 e R$2 arquibancada). Moças Aéreas
Elas sobem ao picadeiro para representar o universo feminino das mulheres de circo e das aeromoças, que têm em comum a magia de viver nas alturas, se arriscar, ir e vir sem perder o charme, a beleza e a sensualidade.  A sequência de números convida os espectadores para uma viagem desde o check-in, passando pelo embarque, decolagem e aterrissagem. Momentos de encontros e despedidas, em números de tecido, lira, corda, e quadrante.

Cássio Reis e Luana Serrat após vencerem o Circo do Faustão

Luana Serrat


Luana é daquelas artistas cuja história pessoal se confunde com a arte. Filha de Anselmo Serrat, fundador do Picolino, e Verônica Tamaoki, vivencia o circo desde que nasceu. Além de fazer parte da Cia Picolino, desde o seu início, integra o grupo Fulanas Cia de Circo, e fundou a Cia Luana Serrat.


O espetáculo Moças Aéras foi contemplado pelo edital Fura-Fura de Apoio às Artes Circenses 2010, da Fundação Cultural do Estado, e marca o nascimento da Cia Luana Serrat.


A criação da companhia é resultado de uma experiência como instrutora de tecido acrobático, técnica em que Luana é uma das pioneiras na Bahia.


Prova do seu talento, foi a sua participação mais que especial, em 2008, como instrutora do ator Cássio Reis, no quadro O Circo do Faustão, que, sob os cuidados da baiana, levou o prêmio do programa da TV Globo.





Moças Aéreas
Dias 8, 9, e 10, 15, 16, 17, 22, 23, 24, 29, 30 e 31 de julho.

Horário: 20h

Circo Picolino (Avenida Otávio Mangabeira, tel.: 3363-4043)

Entradas: R$10 e R$5 (cadeira) e R$4 e R$2 arquibancada).