Gente

Evaristo Costa fala sobre demissão da CNN: 'Me chutaram pela porta dos fundos'

O jornalista que estava de férias descobriu que seria desligado da emissora através da televisão

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Evaristo Costa voltou a falar sobre a polêmica demissão da CNN. O jornalista que estava de férias, descobriu que seria desligado da emissora através da televisão. Em entrevista ao Notícias da TV, ele abriu o jogo sobre a forma como foi tratado.

"Eles foram extremamente deselegantes e despreparados durante o distrato. Fui surpreendido por quem não esperava ser surpreendido, considero uma sabotagem. Mas quem levou o tiro no pé pela atitude foram eles mesmos. Eu optei pela verdade”, disse.


Na entrevista, Evaristo ainda revelou que faltava mais de um ano de trabalho para encerrar seu contrato com a emissora.

"Faltavam 15 meses [de contrato] ainda quando fui surpreendido. Não foi em comum acordo. A ação da CNN foi totalmente despreparada. Na hora de me contratar, aceitaram todas as minhas exigências com carpete vermelho. Na hora de me dispensar, me chutaram pela porta dos fundos, sem qualquer consideração”, revelou.

Em comunicado enviado para imprensa, a CNN alegou que o desligamento do jornalista foi uma decisão “estratégica e de programação”.