Arte e Decoração

Faça você mesmo: Confira os cuidados para pintar a casa sem ajuda de profissionais

Em épocas de dinheiro contado, muitas vezes não dá para ter a ajuda de um profissional e é preciso pôr a mão na massa

Agência O Globo

Uma nova pintura transforma a sua casa. Aquele ambiente que está com aspecto feio ganha vida. Um quarto comum recebe uma demão de tinta e vira o espaço perfeito para o bebê que vai nascer, por exemplo. Em épocas de dinheiro contado, porém, muitas vezes não dá para ter a ajuda de um profissional e é preciso pôr a mão na massa. Neste caso, no rolo e nas trinchas. Não é difícil praticar a bricolagem. Mas é preciso tomar alguns cuidados para que a emenda não sair pior que o soneto.

Para calcular a quantidade de tinta, diversos sites de lojas como Telhanorte, Leroy Merlin e C&C, ou de tintas como Coral e Suvinil, têm ferramentas para fazer o cáculo. Confira abaixo algumas dicas de Ádame Silva, coordenador da divisão de tintas da Telhanorte, e deixe seu lar bem pintado!

Foto: Reprodução / Can Stock Photo

Proteção

Proteja-se com itens como óculos, máscara e luvas, que evitam respingos nos olhos ou a inalação de poeira. Proteger o piso e os móveis também é parte importante antes de iniciar o trabalho com a pintura. O protetor Salva Piso, a lona e a fita adesiva impedem a transferência da tinta para o chão, móveis e batentes de portas e janelas

Nivelado

Para a parede receber a tinta, é necessário que as imperfeições estejam corrigidas e as superfícies, niveladas. Nas paredes internas e fora de locais úmidos, a massa corrida pode ser utilizada. Já em ambientes externos, que recebem água e umidade, o ideal é utilizar massa acrílica.

Massa

Para aplicar a massa, uma espátula pode ser utilizada. Após a aplicação e a secagem da massa, use uma lixa para afinar o acabamento. Para a pintura, há outros acessórios que são necessários, como o mexedor, a bandeja e o rolo. Utilize o mexedor assim que abrir a lata de tinta, para deixá-la homogênea. Em seguida, despeje a tinta no fundo da bandeja. Nela, é necessário retirar o excesso de tinta do rolo, para evitar as manchas na parede.

Instrumentos

Existe uma grande diversidades de modelos e tamanhos de rolos e trinchas, que são mais conhecidas como pincéis. Os rolos, por exemplo, podem ser sintéticos, de lã ou de lã mista. Já as trinchas são utilizadas nos acabamentos mais finos, como rodapés ou contorno de teto.

Escolha da cor

Todos os anos, os grandes fabricantes de tintas lançam as cores que são a tendência do período para pintura de ambientes e reformas de móveis. Normalmente, você poderá encontrar dicas nas redes sociais e nos sites dos próprios fabricantes (Suvinil, Coral e Sherwin Williams, por exemplo) tratando de combinações de cores, estilizações de ambientes e uso de esmaltes para decorar móveis, portas etc.