Notícias

Familiares e amigos das vítimas de naufrágio participam de protesto

A manifestação ocorreu neste sábado (26), no Centro do município de Vera Cruz

Bruno Wendel, do Correio 24 h
- Atualizada em
A dona de casa, Joanita da Cruz Santana, 38 anos, tia do bebê Davi Gabriel, vítima mais jovem do naufrágio da embarcação Cavalo Marinho I, na Baía de Todos os Santos, agradeceu aos integrantes da corporação de resgate da SAMU durante protesto no Centro no município de Vera Cruz, neste sábado (26). “O marinheiro, que puxou o Gabriel da água, quase perdeu a própria vida. Nós queremos agradecer a ajude dele e de toda equipe da Samu. Que Deus possa guardar as famílias dessas pessoas”, disse.

Familiares, amigos e vizinhos das vítimas levaram flores e rezaram durante manifestação. Enquanto segurava um cartaz com a mensagem “A família em si, agradece a corporação de resgate da SAMU 192", Joanita lembrou dos últimos momentos ao lado do sobrinho. Todo dia eu estava com ele.Gabriel conhecia minha voz desde pequenininho”, disse. Ela também aproveitou a ocasião para pedir respostas das autoridades.“Queremos uma respotas porque nós precisamos dessa travessia para conseguir nossa saúde do outro lado”, completou.

Quem também pediu uma posição das autoridades foi a amiga da família de Gabriel, Kátia Santos, 38 anos. “Não estamos pedindo nada a ninguém, não. Nós  precisamos da respostas do governador.  A única coisa que Itaparica quer é respeito", falou.