Economia

Fique atento (a)! Saiba como funciona o golpe da 'transferência em dobro' no Pix

Para evitar golpes, sempre desconfie de mensagens que prometem ganho de dinheiro fácil

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Atenção. Criminosos especializados em golpes digitais estão disseminando mensagens e vídeos sobre um suposto defeito (bug) no Pix para extorquir dinheiro dos usuários. O alerta para o novo golpe foi feito pela fintech Nubank em seu site. 

De acordo com a empresa, os golpistas explicam que o usuário pode receber dinheiro em dobro na sua conta usando transferências eletrônicas com chave aleatória. Mas, na verdade, o que acontece é que eles apenas transferem dinheiro direto para conta dos criminosos.

“Na mensagem, eles explicam que, para o bug funcionar, é preciso enviar dinheiro para determinadas chaves específicas – e, em seguida, eles compartilham supostos números que funcionam”, alerta a Nubank.

“Em resumo: não existe o tal bug do Pix ou das chaves aleatórias. Os criminosos usam a chamada ‘engenharia social’, o fato de que a mensagem é chamativa e altamente compartilhável, para enganar as pessoas e receber transferências”, acrescenta.

O vídeo apresentado aos usuários são editados ou contém truques. Para mostrar a transferência “em dobro” funcionando, por exemplo, basta que os próprios golpistas realizem duas transferências – mas mostrem apenas uma na hora de filmar. 

Para evitar golpes, sempre desconfie de mensagens que prometem ganho de dinheiro fácil e em caso de dúvida entre em contato com a sua instituição financeira.