Literatura

Flicaixinha: 'escrever é a minha missão', diz Carolina Barcelar

Evento acontece nos dias 26 e 27 de maio, às 15h, na Caixa Cultural

Carolina Dourado* (carolina.dourado@redebahia.com.br)
- Atualizada em

A escritora baiana de livros infatojuvenis, Carolina Barcelar, é uma das convidadas para participar da Flicaixinha, que acontece neste fim de semana, nos dias 26 e 27 de maio, às 15h, na Caixa Cultural, em Salvador. O evento é gratuito e tem como objetivo valorizar a literatura, arte e cultura. 

Em entrevista ao iBahia, Carolina, que começou a ler com quatro anos de idade, contou quando decidiu mergulhar no universo da literatura infantil. "Fui para o exterior estudar e descobri que eu não estava fazendo o que queria. Voltei para o Brasil e escolhi fazer o que amo: escrever. Optar pela literatura infatojuvenil não foi algo aleatório, pois acredito muito na importância da educação das crianças para a construção de um país melhor". 

Fora da Bahia há 18 anos, a escritora compartilhou que está muito ansiosa para o evento. "Salvador vai ser mágico.. tenho tantos colegas e histórias. Sou baiana, escrevo e é isso que quero fazer até morrer, não tenho dúvidas". 

Autora de 'Cirilo - o dragão que sonhava em ser bombeiro', Carolina sempre busca abordar alguma virtude e característica humana em suas produções. Desta vez, a força de vontade e a importância da amizade são os dois temas principais do livro. "Além de escrever para as crianças, sempre procuro me comunicar com os pais, pois são eles que percebem o que estão nas entrelinhas e tem responsabilidade, de certa forma, com o desenvolvimento infantil". 

O desejo principal da escritora é que as crianças adquiram o hábito da leitura e se tornem seres humanos conscientes do seu papel no mundo. "Ler é uma forma de viver o mundo através de outros pontos de vista e isso é fundamental na formação de um cidadão", finalizou. 

*Sob supervisão e orientação da repórter Isadora Sodré.

Serviço

O QUÊ: Flicaixinha

QUANDO: 26 e 27/05/2018 – Sábado e Domingo

ONDE: Caixa Cultural

HORÁRIO: 15h

CLASSIFICAÇÃO: Livre

ENTRADA: Gratuito