Carros

Ford anuncia recall de mais de 20 mil Fusion no Brasil

Modelos 2013 a 2016 apresentam falha nos cintos de segurança

Agência O Globo

A Ford do Brasil anunciou mais um recall, desta vez atingindo 20.020 unidades do Ford Fusion, ano/modelos 2013 a 2016, fabricados entre 5 de outubro de 2012 a 17 de fevereiro de 2016. O modelo, fabricado no México, pode apresentar um defeito no mecanismo de pré-tensionamento dos cintos de segurança dianteiros.


Em seu comunicado, a montadora informa que, em caso de colisão, os veículos envolvidos podem apresentar menor resistência à tração do cabo de fixação do mecanismo de pré-tensionamento dos cintos de segurança do motorista e do passageiro dianteiro. Esta condição é causada pela exposição do cabo a altas temperaturas geradas pelo acionamento do pré-tensionador. O defeito pode então resultar na retenção inadequada dos ocupantes, o que aumenta o risco de lesões dos mesmos em eventual colisão do veículo.

Para resolver o problema, a Ford vai aplicar um revestimento isolante para proteger o cabo de fixação do mecanismo de pré-tensionamento dos cintos de segurança dianteiros. Contudo, a montadora fará uma segunda chamada para comunicar a disponibilidade de efetuar o serviço, e assim, realizar os agendamentos. A Ford informa ainda que o tempo do serviço que deverá ser feito em uma das concessionárias da rede é estimado em aproximadamente duas horas, o que irá depender do fluxo de atendimentos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 703 3673. Os chassis das unidades envolvidas (não sequenciais) são os seguintes:

Modelos 2013: DR135710 a DR352208 fabricados de 5 de outubro de 2012 até 16 de julho de 2013

Modelos 2014: ER116002 a ER188359 fabricados de 29 de junho de 2013 até 28 de junho de 2014

Modelos 2015: FR100025 a FR186937 fabricados de 21 de abril de 2014 até 30 de outubro de 2014

Modelos 2016: GR334547 fabricados em 17 de fevereiro de 2016.