Sustentabilidade

Fórum sobre Clima quer mais ação para reduzir temperatura global

co2-ecod.jpg
Emissões de gases de efeito estufa em Toronto, no Canadá
Foto: Kibae Park/ONU

O Fórum da Vulnerabilidade Climática, que reuniu 20 países nas Filipinas (a maioria das regiões Ásia-Pacífico e África), quer mais ação da comunidade internacional para controlar o aumento da temperatura global.

O grupo pediu à Convenção da ONU sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC) que revise três relatórios independentes que citam os impactos negativos das mudanças climáticas sobre os direitos humanos, a produtividade no trabalho e também migração.

As negociações no encontro realizado em Manila giraram em torno da meta da redução das emissões de gases para limitar o aumento das temperaturas globais em até 2º C. Os 20 países querem um acordo mais ambicioso e pedem que esse limite seja reduzido para 1,5º C.

Os relatórios concluem que se a resposta da comunidade internacional não for mais rigorosa, os direitos fundamentais da população mundial vão ficar seriamente comprometidos, os deslocamentos de pessoas vão aumentar e a as economias dos países tropicais vão perder bilhões de dólares.

Planos rigorosos
Os especialistas explicam que o impacto na produtividade, por exemplo, será grande porque várias horas de trabalho serão perdidas por causa do calor extremo, principalmente no setor de agricultura, que ainda concentra o maior número de trabalhadores.

O Fórum da Vulnerabilidade Climática quer também planos mais rigorosos para reduzir as emissões dos gases que causam o aquecimento do planeta.

O objetivo é fazer com que os 196 Estados-membros da Convenção da ONU sobre o Clima tenham a oportunidade de interagir com os especialistas e considerar a informação antes de tomarem a decisão sobre o limite de aumento da temperatura de 2º C. Isso vai acontecer na Conferência sobre o Clima, a COP21, marcada para dezembro, em Paris.

(Por Edgard Júnior, da Rádio ONU)

EcoDesenvolvimento.org - Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.