Economia

Fuja do superendividamento: veja cinco passos para melhorar sua situação financeira

De acordo com a Serasa, Salvador registrou mais de 1 milhão de inadimplentes no mês de outubro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Cansada (o) de viver no sufoco financeiro? Calma, por mais difícil que pareça sua situação, é possível organizar sua vida financeira, mesmo com diversas dívidas. Além disso, você não é o (a) único (a) com esse problema. De acordo com a Serasa, Salvador registrou mais de 1 milhão de inadimplentes no mês de outubro. Em toda a Bahia, são mais de 3.2 milhões de pessoas em situação de dívida. 

Para te ajudar a evitar ou se livrar das consequências do superendividado (na esfera financeira, emocional, familiar e até impactos na saúde), Flávia Marimpietri, mestre em Direito Econômico pela Ufba e professora de Direito do Consumidor na Faculdade Baiana de Direito e Gestão, preparou cinco passos importantes. Confira: 


1. Listar todas as dívidas

Para iniciar o processo de equilíbrio e organização financeira, faça uma lista, enumerando cada dívida, e comece negociando e pagando as que tiverem juros maiores.

 2. Cartão de crédito

Não pague o mínimo do cartão de crédito. Opte pelo pagamento integral. Caso não consiga pagar o valor total da fatura, é melhor solicitar o cancelamento do cartão, evitando mais juros e congelando o valor da dívida. Por conta da pandemia, alguns bancos estão oferecendo crédito consignado com juros baixos para aposentados e pensionistas. Vale a pena pegar para quitar a dívida com cartão de crédito, que tem juros altos.

3. Pagamento à vista 

Se tiver que comprar, evite parcelamentos longos. De preferência, pague à vista. Faça uma lista de tudo o que você deseja comprar, verifique os valores e junte o valor necessário.  

4. Não faça novas dívidas

Se a situação é delicada, além de realizar todos os controles que vimos nos itens anteriores, é importante não criar novas dívidas. É comum, em tempos de crise, solicitar empréstimos e outras ferramentas de crédito para quitar dívidas, mas na maioria dos casos não é observado o valor dos juros que podem ser maiores que as dívidas já contraídas.  

5. Lazer 

Evite passeios com a família em shoppings centers. Procure lugares gratuitos como parques, praias, praças, dentre outros.