Tecnologia

Gamepólitan: boa oportunidade para comércio de produtos geeks

São treze stands montados no estacionamento da Unijorge da Avenida Paralela, onde o público nerd tem acesso a chaveiros, camisas, canecas, jogos eletrônicos, bonecos em miniatura, moletons e até mochilas

Victória Valentina*
- Atualizada em

A sétima edição do Gamepólitan, o maior evento de games do Norte/Nordeste, reuniu pessoas com todos os interesses possíveis, inclusive para o comércio. De camisas personalizadas com estampa de filmes a lojas de jogos de tabuleiro, o universo geek gera renda tanto para empresas consolidadas no cenário quanto para pequenos empreendedores.

Quem esteve prestigiando o evento no sábado (28 e domingo (29) pôde ver a diversidade de mercadorias. São treze stands montados no estacionamento da Unijorge da Avenida Paralela, onde o público nerd tem acesso a chaveiros, camisas, canecas, jogos eletrônicos, bonecos em miniatura, moletons e até mochilas.

Em meio a tanta tecnologia, o stand montado pela Playground Game Store atraiu a curiosidade de quem passava. Jogos de tabuleiro e de cartas, muito populares antes dos online, estavam expostos para venda, trazendo uma nostalgia aos mais velhos e interesse aos mais novos. Veteranos no Gamepólitan e em outros eventos do universo geek, o negócio que tem sede em Brotas alinha o empreendedorismo com a interação entre os jogadores. Para Raphael Sousa, geek e vendedor da loja, os games online fizeram as pessoas perderem a vontade de aproveitar os jogos de tabuleiro.

"A galera prefere muito mais jogos de computador ou console, onde ficam isolados, sem tanta interação, mas os de tabuleiro são bem diferentes. Eles estimulam o raciocínio e os desenvolvimentos lógico e motor, além de promover o contato entre as pessoas. Então a gente está sempre tentando resgatar isso nos eventos", conta Raphael.

Além de produtos temáticos, a loja Sou paiN, da paiN Gaming, maior clube de esportes eletrônicos do Brasil e da América Latina, achou a oportunidade perfeita no GP2018 para fazer propaganda da marca. Um dos convidados do evento, o streamer Matheus ‘’Picoca’’ esteve sábado (28) no stand da equipe para tirar foto com os fãs que compraram os produtos. Ele e Gabriel ‘’Kami’’, outro streamer da organização, irão palestrar nesta tarde para o público do Gamepólitan.

Os consumidores exigentes e sempre por dentro das novidades deste universo souberam aproveitar bem o comércio montado na Unijorge. Neste domingo, a quantidade de crianças e adolescentes circulando com os pais aumentou.

Para Hannah Azevedo, estudante de 16 anos e fã de animes, a área de vendas dos anos anteriores superaram as expectativas dela, diferente do GP2018. ‘’Ano passado eu comprei muita coisa legal relacionado a animes e League of Legends, mas hoje eu não estou encontrando os produtos que queria. Tem muita coisa bacana, mas nada muito inovador’’. 

Crédito das fotos: Victória Valentina, estudante de Jornalismo na Unijorge e estagiária voluntária da Rádio JA - Núcleo de experimentos em conteúdos radiofônicos da Unijorge.