Eleições 2018

Governador Rui Costa se pronuncia sobre caso de agressão no Rio Vermelho

Uma jovem ficou ferida após ser agredida por um policial militar na noite deste domingo (28). A confusão foi registrada em vídeos que circulam nas redes sociais

Redação iBahia
- Atualizada em


O governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT), escreveu em sua conta no Twitter que condena os atos de violência que ocorreram neste domingo (28) à noite, durante a apuração do segundo turno das eleições, no Rio Vermelho. Na ocasião, uma jovem ficou ferida após ser agredida por um policial militar.

Foto: Reprodução

Ainda de acordo com a postagem do governador, ele afirmou que solicitou que a ação policial seja amplamente e rigorosamente apurada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) e que o caso será levado imediatamente à Corregedoria da Polícia Militar.

Nas imagens, é possível ver um policial militar agredindo uma jovem próximo ao largo da Dinha. Ele disfere golpes de cassetete contra a vítima diversas vezes

Na ocasião, militantes pró-Haddad estavam acompanhando o resultado do segundo turno das eleições quando o desentendimento começou. Um testemunha que estava no local disse ao iBahia que não sabe o que deu início a confusão, mas viu uma jovem caída no chão e ouviu o som de tiros.

Em nota enviada à imprensa, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que um trecho do Rio Vermelho foi isolado após confronto de partido político rivais.

Ainda de acordo com as informações enviadas pela SSP, alguns objetos foram atirados nos carros e os policiais militares agiram tentando evitar brigas. Neste momento, os PMs foram agredidos, usaram força proporcional e uma mulher foi detida.


Ainda segundo a nota, durante a condução da militante até a viatura foi dado um tiro de arma de fogo para cima para dispersar aqueles que tentavam liberar a mulher.