Literatura

História da Itaipava Arena Fonte Nova é contada em livro

Obra será lançada no Lounge Norte, no próximo dia 9, e trará relatos sobre a reconstrução do estádio, hoje um espaço multiuso para o esporte e a cultura

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)
- Atualizada em



A história da Itaipava Arena Fonte Nova está registrada no livro 'A Fonte Nova - A Saga, as histórias e o renascimento do estádio mais emblemático do Brasil'. A obra, que conta detalhes sobre o processo de reconstrução do local com adequação às normas internacionais para abrigar jogos da Copa 2014, será lançada no próximo dia 9, a partir das 20h, no Lounge Leste do estádio.


São 155 páginas que trazem depoimentos, curiosidades, fotografias e plantas das instalações. Todo este material foi organizado pelo arquiteto Marc Duwe, que também é o responsável pelo projeto arquitetônico da nova Arena.


“Editar e eternizar através de um livro oficial da Itaipava Arena Fonte Nova, que reproduz com clareza a obra, o marco e legado deixado para o povo da cidade de Salvador e para todos os brasileiros; é motivo de orgulho e muita satisfação para nosso grupo editorial, líder neste segmento”, afirma o diretor geral da BB Editora, Baroni Neto.


O livro (R$ 60) tem apoio da Itaipava Arena Fonte Nova e das empresas Artempo Engenharia, Atlas, CS Construções e Empreendimentos, C&L, Coesa, DKS, HD, Mota Fonseca Advogados, Otis Silveira & Pereira Advogados Associados.

 

Durante a Copa do Mundo 2014, a Arena Fonte Nova foi considerada um dos melhores estádios do campeonato e por lá foram realizados grandes jogos com algumas das maiores goleadas do mundial.


Programação - Além do futebol, com a reconstrução, a Arena também assegurou à música um dos melhores espaços para grandes shows. Desde a reinauguração, o público já lotou o local algumas vezes, como por exemplo, para a gravação do DVD de 20 anos de carreira de Ivete Sangalo, e para as apresentações internacionais do DJ David Guetha e do cantor Elton John. Outros eventos como os desfiles de moda do 'Bahia Moda Design 2013' e a recente 'Festa Ploc' também ocuparam espaços da Arena.


De acordo com o diretor comercial da Arena, Cláudio Najar, a reestruturação do estádio possibilitou a definição de diferentes instalações para acomodar eventos de pequeno, médio e grande portes no estádio, consolidando o local como um espaço multiuso. Por conta disto, a pauta de eventos da Arena, além das partidas de futebol, tem crescido a cada dia. Até o final de 2014, por exemplo, já tem datas fechadas e outras reservadas.


"Inclusive, um grande evento musical para o Verão, que vamos divulgar mais adiante", ressalta Najar. O diretor salienta, ainda, que são três os critérios para que a Arena abra suas portas para eventos e shows: a pauta deve ser relevante para o público, ser interessante para os produtores e agregar valor ao local.       


Para melhor entender, a Arena ganhou divisões denominadas como Setor Sul (espaço onde aconteceu a 'Festa Ploc', com acesso pelas escadarias de frente para o Dique) e Norte (atrás da outra trave, onde aconteceu o show de Elton John). O estádio ganhou ainda 70 camarotes de diferentes tamanhos, onde podem também acontecer  encontros corporativos. Hoje, o estádio tem ainda lugares que podem receber até formaturas. Outra modalidade de evento que vem ganhando destaque são os aniversários infantis temáticos, com direito à recreação e visita ao gramado e aos vestiários.


Além do lançamento do livro no dia 9, a Arena será palco ainda em setembro de uma feira de automóveis (no Setor Sul, dias 18, 19 e 20). Já no dia 18 de outubro, haverá um grande evento de moda por lá e, de 28 a 30, um encontro para cerca de dois mil estudantes. Para novembro, já existe a reserva para um evento de samba, que ainda será confirmado e divulgado. Em dezembro, também deverá ser realizado um encontro religioso e um grande show, que está sendo fechado.


Leia Também:

Teatro Gamboa Nova celebra diversidade em progamação com temática LGBT

Encontro exibe filmes independentes na Sala Walter da Silveira
Festival de Jazz do Capão tem quarta edição com duas noites de shows