Mundo

Homem deixa o corpo da namorada em casa e vive com mulher que assumiu identidade da morta

O homem pediu ao proprietário para deixar o freezer no porão dele já que "estava cheio de carne" e a eletricidade havia sido cortada no imóvel

Fernando Moreira, da Agência O globo

Um homem foi preso por deixar o cadáver da namorada em um freezer e viver com uma mulher que assumiu identidade da morta no apartamento dela

Foto: Reprodução

O caso ocorreu em Youngstown (Ohio, EUA). Arturo Novo, de 31 anos, estava morando com Katrina Layton, de 34. O corpo de Shannon Graves, de 28, foi achado por policiais, no último sábado (29/8), no freezer do porão do proprietário do apartamento, que mora no mesmo prédio. Katrina também foi presa, e vai responder por ocultação de cadáver e fraude.
Foto: Reprodução
Segundo a agência de notícias Reuters, Arturo pediu ao proprietário para deixar o freezer no porão dele já que "estava cheio de carne" e a eletricidade havia sido cortada no imóvel. Inicialmente, o homem concordou. Porém, a esposa dele suspeitou do comportamento do inquilino e decidiu abrir o freezer, achando o cadáver. Ela comunicou o caso à polícia.

A Justiça ainda aguarda o resultado da perícia, que vai apontar a causa da morte de Shannon. Ela não era vista havia meses. Em junho, a família lançou uma campanha para encontrá-la e espalhou cartazes como este:
Foto: Reprodução