Economia

Imposto de Renda 2019: saiba como declarar doações feitas ou recebidas

Tudo que se caracteriza como ganho de capital deve constar no IR

Letycia Cardoso, da Agência O Globo

Tudo que se caracteriza como ganho de capital deve constar no Imposto de Renda, portanto, é preciso informar ao Leão as doações recebidas ou realizadas. No caso de doações recebidas em bens ou imóveis, aquele que recebe deve declará-las no campo "Bens e Direitos", informando na “Discriminação” o nome e do número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do doador.

Também é necessário informar no campo “Situação em 31/12/2018 (R$)” o valor do bem ou direito recebido e, na ficha Rendimentos Isentos e Não tributáveis, o valor correspondente à doação.

Já o doador, deve preencher, no campo “Discriminação” da Declaração de Bens e Direitos, o nome e o número de inscrição no CPF de quem recebeu a doação e deixar em branco o campo “Situação em 31/12/2018 (R$)”, porque deixou de possuir o item no ano passado. Na ficha “Doações Efetuadas”, deve acrescentar o valor da doação.


A doação efetuada em dinheiro (moeda nacional) não é tributada pelo imposto sobre a renda por estar sujeita à comprovação da sua efetivação, ou seja, é preciso um documento para provar que a doação realmente aconteceu.