Mundo

Índia procura tigre mais famoso do país que já viajou 130km atrás de companheira

Boatos afirmavam que Jai poderia ter ficado ferido numa briga com outro tigre, encontrado caçadores ou simplesmente ter ficado doente

Agênica O Globo
- Atualizada em



Uma equipe está buscando o tigre mais famoso da Índia, que desapareceu há três meses. Jai ficou conhecido há três anos quando embarcou numa jornada de 130km atrás de uma companheira. O animal de 7 anos de idade e 250 kg foi visto pela última vez na sua residência habitual de Umred Karhandla Wildlife Sanctuary, no distrito oriental de Nagpur, em 18 de abril. As informações são da rede de TV “Sky News”.


O governo oferece uma recompensa de 50 mil rúpias, cerca de R$ 2.400, por informações sobre o animal. Jai tem milhares de fãs e eles ficaram preocupados após as autoridades do estado indiano de Maharashtra afirmarem que não têm ideia do que aconteceu com ele. “Não há informações até o momento se ele se mudou para o interior da floresta ou se está com uma nova companheira”, diz um especialista em tigres.


As autoridades ficaram preocupadas quando a coleira eletrônica do animal parou de transmitir sua localização. O conservacionista Rohit Karoo, que está coordenando as buscas, disse que o animal teve mais de 20 filhotes. “Ele foi pai com sucesso de mais de 20 crias e impulsionou a economia local, atraindo amantes da vida selvagem. Perder um tigre tão majestoso seria uma grande perda para a Índia”, disse.


Boatos afirmavam que Jai poderia ter ficado ferido numa briga com outro tigre, encontrado caçadores ou simplesmente ter ficado doente. Mas Rohit Karoo desmentiu esses relatos. “Eu acho que nada de ruim aconteceu com ele. Ele é um tigre macho dominante com a capacidade de viajar grandes distâncias”, afirmou.