Educação

Instituto Campus Party inaugura laboratório em comunidade carente de Salvador

Ideia é que, já no primeiro dia de aula, os alunos apresentem (e discutam) os problemas da comunidade

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em uma parceria com o SEBRAE, Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (SECTI), Ministério de Ciência e Tecnologia e patrocínio da empresa ALGETEC, o Instituto Campus Party vai inaugurar, nesta quinta-feira (30), uma unidade do laboratório Include. O projeto, que já inaugurou uma unidade em Canudos, ficará localizado no bairro de Pernambués. A expectativa é que ele atenda, em um ano, 150 jovens entre 8 e 18 anos.

Foto: Divulgação
Para Francesco Farruggia, presidente do Instituto, “o Include é um programa que visa promover inclusão social e econômica para crianças e adolescentes de comunidades carentes, que são excluídos da tecnologia e que não tem a oportunidade de acesso a esse universo, além de empoderá-los dentro dessas comunidades".

A ideia é que, já no primeiro dia de aula, os alunos apresentem (e discutam) os problemas da comunidade. Nas aulas seguintes, pelos próximos seis meses, serão formados grupos que apresentarão as soluções finais para os problemas apresentados.

Todos os laboratórios já vêm com mobília e equipamentos, como computadores, impressoras 3D, óculos de realidade virtual e peças para a realização de protótipos.