Tecnologia

Inteligência artificial cria nudes de mais de 100 mil mulheres; entenda

Vítimas seriam, em parte, menores de idade

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um relatório da empresa Sensity revelou uma situação alarmante no mundo digital. Ferramentas de inteligência artificial criaram nudes falsos de mais de 100 mil mulheres, que seriam compartilhados no aplicativo Telegram. As informações são da BBC.

As fotos seriam pegas de diversas redes sociais e uma tecnologia do tipo deepfake bot removeria a roupa das usuárias. Esse tipo de artifício é usado para, por exemplo, criar vídeos pornográficos falsos com celebridades.

O relatório ainda apontou que alguns dos alvos "pareciam menores de idade". "Ter uma conta nas redes sociais com fotos abertas ao público é o suficiente para que qualquer pessoa se torne um alvo", explicou o presidente-executivo da Sensity, Giorgio Patrini, à BBC.