Mundo

Irmão de Messi é preso na Argentina

Em novembro do ano passado, Matías foi detido por porte ilegal de arma de fogo, na sexta-feira, em um hospital de Rosário, na Argentina

Agência O Globo
- Atualizada em

Matías Messi voltou a ser preso na Argentina, em Villa Gesell, uma cidade da província de Buenos Aires. Segundo o jornal “La Nación” e a agência “Telam”, o irmão do atacante Lionel Messi discutiu com uma pessoa após um acidente de trânsito e terminou com ele ameaçando o condutor com uma arma de fogo. A polícia prendeu o irmão de Messi, que tem 35 anos, e ainda encontrou maconha no carro dele. Conforme as publicações, Matías alegou que recebeu um soco no rosto.

Ele dirigia sua Land Rover, na Avenida Buenos Aires, quando atingiu um Volkswagen Vento perto da pista de boliche "Pueblo Limite". Após o incidente, o irmão de Lionel Messi "teve um forte discussão com o outro motorista e depois tirou uma arma de fogo", disseram testemunhas, embora a polícia não encontrou "nenhuma arma" dentro do carro.

Em novembro do ano passado, Matías foi detido por porte ilegal de arma de fogo, na sexta-feira, em um hospital de Rosário, na Argentina. Ele estava internado com uma fratura no maxilar e outros ferimentos após ter sofrido um acidente de lancha no rio Paraná. Os policiais encontraram uma pistola .38 com munição no barco em que ele se acidentou, que também tinha muitas manchas de sangue.