Mundo

Irmãs separadas em erupção vulcânica se reencontram 30 anos depois

Elas acreditavam que todos da família estavam mortos

Redação do Correio 24 Horas

Duas irmãs se reencontraram após passarem mais de 30 anos separadas depois de uma erupção vulcânica na Colômbia. De acordo com a 'BBC', Lorena e Jaqueline acreditavam que todos da família estavam mortos.

Foto: Reprodução

A erupção aconteceu na cidade de Armero e deixou mais de 20 mil pessoas mortas nos em novembro 1985. As duas irmãs, que na época tinham três e nove anos, respectivamente, foram adotadas por famílias diferentes e não sabiam o que havia acontecido com a outra. 

Após ver um vídeo em que Lorena fazia apelo pedindo pela localização de parentes, Jaqueline decidiu procurar a irmã. Ela entrou em contato com uma fundação que realizou um teste de DNA, revelando que as duas eram mesmo irmãs. 

Correio24horas