Mundo

Jovem que teve 85% do corpo queimado conta drama de sobreviver com cicatrizes

Harley Dabbs, 21 anos, revelou como superou dificuldades e deu a volta por cima

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Aos dois anos de idade, Harley Dabbs teve 85% do seu corpo queimado durante um incêndio em sua casa, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos.


Apesar de ter desafiado os médicos - eles disseram que sua chance de sobreviver era de apenas 2% -, a jovem teve que lutar bastante até sua vida voltar ao normal.




Harley teve 85% do corpo queimado quando tinha 2 anos
(Foto: Reprodução/Daily Mail)

De acordo com informações do jornal britânico Daily Mail, Harley teve vergonha de suas cicatrizes e passou por um longo período lutando contra depressão e pensamentos suicidas. 


"Comecei a ficar depressiva aos 14 anos. Eu odiava o jeito que eu era e comecei a pensar em me matar. Eu pensei no suicídio diversas vezes. Eu não podia suportar me olhar no espelho daquele jeito", relembra a norte-americana.


Durante 18 anos, a jovem fez vários transplantes e enxertos de pele em um hospital para crianças em Cincinnati, Ohio. Lá, ela conheceu outros sobreviventes e aprendeu a aceitar sua nova aparência.


"O hospital era minha segunda casa. Era como se fosse um outro planeta para mim. Eu me sentia bem lá porque existiam outras pessoas que se pareciam comigo", disse ao 'Daily Mail'.




Harley fez tatuagem de fênix para relembrar que é uma "guerreira e sobrevivente"
(Foto: Reprodução/Daily Mail)


Durante muito tempo a jovem usou roupas de manga para esconder as cicatrizes. "Eu usava casaco e calça durante o verão. Eu somente não queria ser vista. Eu não podia suportar os olhares e comentários que as pessoas poderiam fazer".


Depois de muito sofrimento, Harley decidiu que "aquela pessoa negativa e depressiva não era ela" e começou a mudar sua forma de pensar. Hoje, com 21 anos, ela quer se tornar uma enfermeira e pensa faz planos para dar palestras motivacionais e ajudar outras pessoas.




Presença do namorado, Joshua, também ajudou na superação
(Foto: Reprodução/Daily Mail)


"O que aconteceu comigo, aconteceu por uma razão. Deus me permitiu viver e eu acredito que isso aconteceu para que eu possa ajudar outras pessoas, que já tenham se queimado ou não", disse animada.


Segundo informações do 'Daily Mail', a presença do namorado, Joshua, também ajudou na superação. "Ele me faz me sentir bonita nos dias que eu não estou bem. E quando eu não consigo ser forte, ele permanece firme por nós dois. Ele realmente me ajuda - especialmente nos meus dias ruins", contou Harley. "Agora eu sou uma guerreira, eu sou forte. Eu lutei muito para ser quem eu sou hoje", finalizou.

Correio24horas