Mundo

Jovem que teve perna esmagada em montanha-russa volta a correr após prótese

Três anos depois do acidente que deixou, além de Leah, outras três adolescentes feridas, a jovem usou seu perfil em uma rede social para compartilhar o momento

Agência O Globo

A adolescente Leah Washington, de 17 anos, que teve uma das pernas amputada após um acidente na montanha-russa Smiler no parque de diversões Alton Towers, no Reino Unido, recebeu uma prótese e, nesta quata-feira, compartilhou um vídeo em que aparece correndo e pulando após cerca de três anos de recuperação.

Três anos depois do acidente que deixou, além de Leah, outras três adolescentes feridas, a jovem usou seu perfil em uma rede social para compartilhar o momento: "Esta é a minha primeira vez correndo desde o meu acidente, foi incrível".

Em junho de 2015, dois carrinhos da montanha-russa colidiram e deixaram 12 pessoas com ferimentos leves e quatro em estado grave. Um dos carrinhos envolvidos na colisão estava vazio e o outro tinha 16 pessoas.

A montanha-russa começou a funcionar em maio de 2013 e foi a primeira do mundo a ter 14 loopings, segundo o site oficial do parque. Ela pode chegar a 85 km/h.