Mundo

Lutador de MMA que espancou namorada é condenado à prisão perpétua

Jonathan Koppenhaver já lutou pelo UFC e foi sentenciado por 29 crimes contra a então companheira, a atriz pornô Christy Mack

Redação Correio 24h

As agressões do lutador de MMA Jonathan Koppenhaver contra sua ex-namorada, a atriz pornô Christy Mack, custarão sua liberdade pelo resto da vida. Isso porque o atleta, que já chegou a competir pelas franquias UFC e Bellator, foi condenado à prisão perpétua nesta segunda-feira (5).

Foto: Reprodução

'War Machine' (Máquina de Guerra), como ele é conhecido, foi condenado por 29 crimes contra a namorada. Entre a lista de violações estão tortura, sequestro, tentativa de estupro, tentativa de assassinato e outros atos violentos.

Christy chegou a ser hospitalizada, em setembro de 2014, para se recuperar das agressões que sofreu - ela chegou a ter 18 ossos quebrados pelo ex-namorado.

Apesar da sentença, o lutador ainda pode entrar com pedido de liberdade condicional após cumprir 36 anos em regime fechado, segundo o site de celebridades TMZ.