Comportamento

Maternidade e parceria: conheça a história da farmacêutica Monica Aragão

Apesar de tudo ter sido na "base do susto", Monica Aragão fala da maternidade com orgulho e leveza

Lívia Oliveira (livia.oliveira@redebahia.com.br )
- Atualizada em

"Eu sou a mãe que entra na brincadeira, sai junto e escuta o problema de todo mundo", define Monica Aragão. Aos 51 anos, a farmacêutica foi transformada pela maternidade há mais de 30 anos, quando deu à luz a Helen. Nove anos depois, foi a vez da caçula Katherine. E quem vê essa mulher segura, animada, companheira e avó coruja de carteirinha não imagina quantos desafios ela já enfrentou. 

Foto: arquivo pessoal / Thiago Delrey

Apesar de tudo ter sido na "base do susto", Monica Aragão fala da maternidade com orgulho e leveza. "Engravidei aos 17 anos, que não é algo normal, mas aconteceu e foi. Para mim, nunca foi aquela coisa que o povo diz 'engravidei e atrapalhou minha vida', não atrapalhou. Eu continue estudando, eu continuei fazendo minhas coisas tanto na primeira como na segunda gestação", conta a farmacêutica. 

Monica Aragão relembra que a segunda gestação também não foi planejada. "Parei de tomar o anticoncepcional para colocar o DIU e quando voltei na médica descobri que estava grávida de três meses. Eu malhava bastante na época e tinha um pezinho de barriga que não saia por nada. Só foi sair depois de nove meses (risos)".

Para Monica, as filhas sempre foram uma motivação para correr atrás dos objetivos. "Tudo que eu fazia era em prol delas. Estudar, ter uma profissão para poder trabalhar, ganhar mais. Eu sempre quis melhorar para dar o melhor para elas", relata a farmacêutica, que também tem formação técnica em química e superior em assistência social.

Descolada e amiga da galera 

Ao iBahia, Monica conta que não tem essa coisa de ficar cheia de "não me toque" ou se privar por diferença de idade. Ela sempre recebeu bem os amigos das filhas em casa, entrava na brincadeira deles e até foi para vários shows quando a turminha não podia sair só. "E eu não ficava no canto. Participava do show. A primeira vez que fui em uma festa foi o Verão Coca Cola. Foi eu, Kate e mais duas amigas dela. Sempre teve aquela coisa de 'se a mãe de Katherine for, eu vou'", acrescentou a farmacêutica, que revelou gostar muito de festas, carnaval e ser fã de Saulo. 

"Eu gosto muito de ir para shows, com elas (as filhas) ou não. Ia para todos os ensaios de Carnaval do Olodum, do Motumbá, a pipoca do Saulo", acrescenta. 

Monica e a filha | Foto: arquivo pessoal

Monica conta que tem amigas das filhas que é como se fossem filhas dela também. "Todos eles (os amigos das  filhas) quando me conhecem é como se tivesse muito tempo. Eu dou conselho, escuto eles e me meto mesmo. Puxo a orelha". 

Para a farmacêutica, o visual e o jeito de ser contribuem muito para essa aproximação da garotada. "Eu sempre malhei muito, fazia box, tenho tatuagens e eles dizem 'a  mãe de Kate e de Helen é descolada. Não me importo com essa coisa de idade, fico no meio deles mesmo. Como dizem, eu sou suave na nave". 

Mãe duas vezes

Mônica Aragão já tem dois netinhos - Sofia, de 7 anos, e Bernardo, de 1 ano e dois meses - e garante que aproveita muito os pequenos. "Foi muito marcante o nascimento deles, essa experiência de ser avó. Acompanhei a gravidez da minha segunda filha (a mãe do Bernardo) de perto, porque ela ainda estava morando comigo, e sempre dou todo suporte", conta. 

Monica, as filhas e os netinhos | Foto: arquivo pessoal

A mãe de Helen e Katherine afirma que foi tranquilo quando as filhas contaram que estavam grávidas e que elas sempre tiveram uma relação de parceria, de conversar sobre tudo. "Eu não tenho muito essa coisa de ficar repreendendo e em uma gravidez não tem muito o que fazer. A criança está ali e precisa sair em algum momento", acrescenta. 

Com relação ao que comprar de presente para o Dia das Mães, Monica Aragão aconselha que é melhor fugir dos objetos para o lar. Para ela, roupas e sapatos são uma boa pedida. Se tivesse tendo eventos, um ingresso para uma festa de uma banda que ela gosta cairia bem também. 

Confira algumas opções de presente para mães descoladas 

  • Camisetas, moletons, bermudas e croppeds podem ser encontrados no site da Riachuelo  (www.riachuelo.com.br).
  • Produtos eletrônicos, itens de beleza, moda, livros, bebidas podem ser comprados no site da Amazon (www.amazon.com.br).
  • Pijamas temáticos para fazer aquela festa em casa com os filhos estão disponíveis em variadas opções no site da Acuo (www.acuo.com.br).
  • Kits de beleza, perfumes, hidratantes, óleo corporal, maquiagens e outros produtos similares podem ser encontrados no site da Hinode (www.hinode.com.br/kits-dias-das-maes) ou da Boticário (www.boticario.com.br).
  • Fone de ouvido e caixas de som de qualidade são uma boa para deixar as mães descoladas ligadas nesse turbilhão de conteúdos disponíveis nas redes e até para aproveitar um dia de folga. A marca Beats by Dr. Dre tem várias opções que podem ser compradas no site (www.beatsbydre.com).
  • Saltos, sandálias, sapatilhas, bolsas e acessórios são sempre uma boa pedida e podem ser adquiridas no site da Usaflex (www.usaflex.com.br).
  • Kits de chocolate deixam o dia mais doce e são um presente clássico para demostrar carinho. A Kopenhagen preparou dois itens especiais para o Dia das Mães que podem ser adquiridos nas lojas físicas ou no site (www.kopenhagen.com.br).