Maternidade

Maternidade: Fraldas descartáveis X Fraldas de pano

Blogueira conta os aspectos positivos e negativos dos tipos de fralda e seleciona sua favorita

Blog Essa Mãe
por Ingrid Dragone

Na semana passada, rolou uma conversa interessante no Facebook e fiquei empolgada para escrever a respeito. Minha prima, uma gravidinha super fofa, lançou uma pergunta na time line dela para saber a opinião de outras mães. Arquiteta e preocupada com a questão da sustentabilidade, ela queria saber se valeria a pena usar fraldas de pano "modernas". As opiniões ficaram divididas... 
Bem, vou listar aqui alguns aspectos considerados pelos "ajudantes" on line (estou no bolo!) da minha prima, para resumir o que eu penso: acho que ela deve se jogar nas fraldas descartáveis!!! 1. No início, o bebê gasta de 8 a 10 fraldas por dia. Será que alguém aguenta lavar isso tudo? Mesmo mesclando o uso, parte de descartáveis e parte de pano, acho um trabalho fenomenal (e olha que, definitivamente, não sou uma mulher preguiçosa!).  2. Mesmo que a mãe tenha uma ajudante, será que essa pessoa vai lavar como deve as fraldinhas? A falta de empenho na atividade prejudicaria a saúde do bebê... Máquina de lavar também não higieniza esse tipo de sujeira com perfeição. E mesmo que a máquina fosse uma opção, seria necessário tirar o excesso da caquinha na mão! Se a mãe volta a trabalhar fora, creio que o bebê fica em apuros... E se o nervoso tomar conta da babá atarefada e ela descontar na criança? Sou da teoria que ninguém trata nosso filho como a gente...3. E a sustentabilidade? Onde fica? Muita água seria gasta para lavar tantas fraldas... E mais produtos químicos seriam também utilizados para as lavagens... Depois disso, ainda tem a tarefa de passar cada fralda... O gasto de energia elétrica também prejudica o meio ambiente.4. Detalhe importante: algumas pessoas com opinião favorável ao uso das fraldas de pano ainda não tiveram filhos... Um bebê demanda taaaaantos cuidados... Se trocar fraldas descartáveis no início já dá trabalho, imagine usar as de pano? Além disso, no primeiro mês a mãe está exausta, especialmente aquela que amamenta (rola livre demanda também na madruga)!!! 
Foto: Ingrid Dragone
5. Algumas pessoas argumentaram que antigamente essas fraldas de pano foram bastante usadas, só que antigamente as descartáveis era muito mais caras e muitas mães tinham ajudantes fixas em casa. 6. Acho que vale a pena usar as fraldas de pano se o bebê apresentar alergia às descartáveis. Ah! No caso de assaduras, acho que, em boa parte dos casos, o problema não está nas fraldas descartáveis em si, mas na limpeza inadequada das partes íntimas da criança. Eu, por exemplo, lavo (desde cedo) o bumbum da minha bebê em água corrente. Ela está com 9 meses e nunca teve assaduras. 7. O uso das fraldas de pano representaria uma boa economia ($), bastaria ter umas 15 ou 20 delas, mas também representaria muita coragem... Além disso, será que sobra tempo? Particularmente, escolho a praticidade...Claro que cada mãe tem a sua experiência. Os métodos são individuais. Cada mamãe faz o que considera melhor. Só acho que existe o mundo ideal e o mundo real... Opinião de Essa Mãe aqui, ok? Defensores da natureza, por favor, não me odeiem (risos)! Boa sorte para a mamãe que decidir pelo uso das fraldas de pano! Gostaria até de ouvir relatos sobre o assunto!