Salvador

Menelaw Sete faz greve de fome em frente ao consulado espanhol

O artista plástico não come desde a noite desta segunda-feira (21)

Da Redação
- Atualizada em


Após ser retido no aeroporto de Madri, na Espanha, e deportado para o Brasil, o artista plástico Melenaw Sete resolveu fazer greve de fome em frente ao consulado Espanhol em Salvador. Menelaw que não come desde a noite da segunda-feira (21), teve uma reunião com o cônsul espanhol, Dom Jacobo González  por volta das 8 horas da manhã desta terça-feira (22) mas não desistiu do protesto. "Essa atitude reflete a minha indignação a humilhação e maus tratos que passei", escreveu em sua página no Facebook.


O artista está desde às 5 horas da manhã na porta do consulado e espera que o cônsul dê um depoimento à imprensa para esclarecer o ocorrido, mas González afirmou não ter autorização para falar com a imprensa sobre o assunto. "Eles mexeram com o lado emocional de um artista, agora eu quero que as pessoas tomem conhecimento de situações como esta", disse Menelaw.


Com uma bandeira da mão e uma tela que retrata um turista sendo deportado, Sete está recebendo o apoio da população para continuar com o protesto. "Eu só irei sair daqui quando ele me der uma posição, enquanto isso, tenho recebido o apoio do povo. Trinta pessoas já assinaram na minha bandeira", afirmou.