Mundo

Menina que nasceu sem nariz recebe prótese 3D

Tessa Evans, de 2 anos, sofre de Arhinia, uma doença congênita rara que foi registrada pouquíssimas vezes na literatura médica

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Menina irlandesa, que nasceu sem o nariz, recebeu um implante nasal feito com a ajuda de uma impressora 3D. Tessa Evans, de 2 anos, sofre de Arhinia, uma doença congênita rara que foi registrada pouquíssimas vezes na literatura médica. Segundo o jornal britânico Mirror, Tessa já teria dado início ao processo para a criação de seu próprio nariz usando uma impressora 3D.Para evitar uma cirurgia mais invasiva, os pais da menina, Gráinne Evans, de 31 anos, e Nathan, de 33 anos, decidiram não esperar até que ela fique mais velha. "Foi uma decisão extremamente difícil para todos nós, que a amamos tanto. Tessa se acha bonita do jeito que é. Decidimos ir em frente com a oportunidade de mudar gradualmente sua aparência ao longo dos anos e normalizar seu perfil, sem precisar cortar seu rosto", explicou a mãe.
O conselho dos médicos, no entanto, era esperar até a adolescência, quando o rosto parasse de crescer e, só então, construir um nariz usando enxertos ósseos e pele, o que pode deixar grandes cicatrizes. Com o novo processo, bem menos agressivo, ela vai crescer com o nariz. A criança deverá ser operada a cada dois anos a fim de se certificar de que seu nariz cresça na mesma proporção que seu corpo. A prótese final ficará pronta na adolescência.

Para fazer o nariz, o cirurgião plástico primeiro usou uma impressora 3D para fazer um modelo do crânio de Tessa e, em seguida, uma massa de modelar para projetar um nariz pequeno que se encaixasse ao rosto debaixo da pele. O nariz foi inserido através de uma incisão, eliminando cicatrizes do rosto.