Saúde

Meningite meningocócica: saiba como se prevenir da doença

Nesta sexta-feira (1°), o neto do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, faleceu com quadro infeccioso de meningite meningocócica

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta sexta-feira (1°), o neto do ex-presidente Lula, Arthur Araújo Lula da Silva, faleceu com quadro infeccioso de meningite meningocócica. A doença, que pode ser causa por diversos agentes infecciosos (bactérias, fungos e vírus), consiste em uma infecção bacteriana das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite meningocócica pode causar sequelas e até mesmo levar a óbito.

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre a doença, a indústria farmacêutica GSK separou as principais informações sobre os sintomas, meios de transmissão e prevenção. Confira:

1- Como a meningite meningocócica pode ser transmitida?


O meningococo, bactéria que causa a meningite meningocócica, pode ser transmitido de uma pessoa para outra por meio do contato direto com gotículas respiratórias através de tosse, espirro e beijo, por exemplo.1 Aproximadamente 10% dos adolescentes e adultos possuem a bactéria na orofaringe (“garganta”) e podem transmiti-la mesmo sem adoecer – são chamados de portadores assintomáticos.

2- Quais são os sintomas mais comuns?

Os sinais e sintomas iniciais da meningite meningocócica — incluindo febre, irritabilidade, dor de cabeça, perda de apetite, náusea e vômito — podem ser confundidos com outras doenças infecciosas.

Na sequência, o paciente pode apresentar pequenas manchas violáceas (arroxeadas) na pele, rigidez na nuca e sensibilidade à luz.



Se não for rapidamente tratado, o quadro pode evoluir para confusão mental, convulsão, sepse e choque, falência múltipla de órgãos e risco de óbito. Essa rápida evolução e início abrupto, pode levar a óbito em menos de 24 a 48 horas. Por isso, é tão importante a prevenção da doença.


3- Quais são as principais formas de prevenção?

A vacinação é considerada uma forma eficaz na prevenção da doença. A vacina para prevenção da doença meningocócica causada pelos sorogrupos A, C, W e Y é indicada para crianças a partir dos 2 meses de idade, adolescentes e adultos.

Já a vacina para a proteção contra a doença meningocócica causada pelo meningococo B é indicada para indivíduos dos dois meses aos 50 anos de idade.8 Nos postos de saúde, a vacina para proteção contra a doença causada pelo meningococo C é gratuita para crianças menores de 5 anos de idade e adolescentes de 11 a 14 anos.

Outras formas de prevenção são evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.